GP1

Política

Coronel Carlos Augusto nega Anamelka como vice de Fábio Abreu

“Não, não temos essa conversa com ninguém, com nenhum partido, de indicar vice. Até porque seria um desrespeito ao povo de Teresina que tem chamado o Fábio Abreu a essa candidatura”, disse o

O deputado estadual Coronel Carlos Augusto (PL) negou que a delegada Anamelka Cadena será o nome escolhido para vice na chapa encabeçada pelo secretário de Segurança Fábio Abreu em 2020. Nem mesmo o secretário decidiu realmente se sairá candidato a prefeito da capital.

“Não, não temos essa conversa com ninguém, com nenhum partido, de indicar vice. Até porque seria um desrespeito ao povo de Teresina que tem chamado o Fábio Abreu a essa candidatura”, afirmou na terça-feira (26).

  • Foto: Lucas Dias/GP1Coronel Carlos AugustoCoronel Carlos Augusto

A delegada se filia na manhã desta quarta-feira (27) ao partido durante o 3º Encontro do PL Mulher e deverá ser candidata a vereadora. Ao ser questionado sobre os nomes fortes de pré-candidatas a vereadoras, Carlos Augusto citou que a que possui maior visibilidade é a delegada. Anamelka Cadena é atualmente a subsecretária de Segurança Pública.

“Temos várias mulheres. Hoje um nome que desponta com maior visibilidade por sua função, por sua luta em defesa da mulher, é da delegada Anamelka, mas teremos um leque de 14 candidatas mulheres que serão no momento oportuno apresentadas para todos”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Carlos Augusto nega resistência de Fábio Abreu para disputa de 2020

Fábio Xavier nega pressão para Fábio Abreu decidir candidatura

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.