GP1

Política

"Vergonha alheia", diz Ciro após PT votar contra PEC dos Precatórios

O ministro-chefe da Casa Civil fez a declaração em seu Twitter na madrugada desta quinta-feira (04).

O ministro-chefe da Casa Civil, senador licenciado Ciro Nogueira (Progressistas), criticou na madrugada desta quinta-feira (04), a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, que votou contra a PEC dos Precatórios.

“Nunca pensei que chegaria o dia em que veria o PT votar contra um auxílio aos 20 milhões de brasileiros vítimas da fome. Vergonha alheia”, escreveu o ministro.

A bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara dos Deputados fechou questão e votou contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que permite ao Governo Federal não pagar parte das dívidas judiciais em 2022.

Foto: Lucas Dias/GP1Ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira
Ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira

O texto-base da PEC foi aprovado em primeiro turno na madrugada desta quinta-feira (04), por 312 votos a favor contra 108 contrários. Para ser promulgada, uma PEC precisa receber pelo menos 308 votos na Câmara e 49 no Senado, em dois turnos.

Dos 53 deputados federais do PT, 44 votaram contra a PEC dos Precatórios, entre eles os parlamentares piauienses Merlong Solano e Rejane Dias. Outros 9 deputados petistas se ausentaram.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.