GP1

Política

"Firmino Filho construiu uma história de êxitos", diz Ministério Público

“Estamos irmanados em solidariedade com seus familiares e amigos", diz trecho da nota.

O Ministério Público do Estado do Piauí divulgou nota de pesar pela morte do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho, encontrado morto na tarde desta terça-feira (06), na zona leste da Capital.

“O Ministério Público do Estado do Piauí expressa profundo pesar pelo falecimento de Firmino da Silveira Soares Filho, prefeito de Teresina por quatro mandatos, economista, professor, servidor público e detentor de outros predicados que atestam o valor e o significado de seu legado para a sociedade teresinense”, diz trecho da nota.

Foto: Lucas Dias/GP1Prefeito de Teresina, Firmino Filho
Firmino Filho

O órgão ministerial prestou solidariedade à família e amigos. “Estamos irmanados em solidariedade com seus familiares e amigos, e com todas as pessoas que hoje lamentam essa triste perda”, destacou.

O Ministério Público terminou a nota afirmando que "Firmino Filho construiu uma história de êxitos, contribuindo para o desenvolvimento da capital piauiense".

Firmino Filho era casado com a deputada estadual Lucy Soares e tinha três filhos Bárbara, Bruno e Cristina.

Confira abaixo a nota na íntegra

O Ministério Público do Estado do Piauí expressa profundo pesar pelo falecimento de Firmino da Silveira Soares Filho, prefeito de Teresina por quatro mandatos, economista, professor, servidor público e detentor de outros predicados que atestam o valor e o significado de seu legado para a sociedade teresinense.

Estamos irmanados em solidariedade com seus familiares e amigos, e com todas as pessoas que hoje lamentam essa triste perda.

Firmino Filho construiu uma história de êxitos, contribuindo para o desenvolvimento da capital piauiense.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.