GP1

Política

“Hoje Bolsonaro não seria reeleito”, diz senador Ciro Nogueira

O senador disse em entrevista ao Jornal Valor Econômico que Jair Bolsonaro está em seu pior momento.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (31), o senador Ciro Nogueira avaliou que o presidente Jair Bolsonaro está em seu pior momento e caso a eleição fosse hoje, não seria possível sua reeleição. Ciro é presidente nacional do Progressistas e aliado do Governo.

“O presidente está no pior momento por conta da situação do país. As pessoas estão com muita dificuldade de se alimentar. Estamos em um momento difícil, só que o Brasil vai crescer perto de 5% neste ano”, afirmou o senador.

Foto: Divulgação/AscomCiro Nogueira e Bolsonaro
Ciro Nogueira e Bolsonaro

O senador acredita que no próximo ano, com a retomada da economia após a pandemia da covid-19, o cenário vai mudar e Bolsonaro consiga a reeleição. “Quem elege e reelege presidente é a economia”, completou.

Reeleição

"Hoje, ele [Bolsonaro] não seria reeleito, mas no próximo ano a perspectiva é muito boa. Muito positiva. O mundo está comprando muito. Não tem nada que o Brasil produza que os preços não estejam maravilhosos. O mundo está comprador e vai precisar cada vez mais do nosso país. Não vejo como o próximo ano não seja fantástico para o Brasil e, se isso ocorrer, o presidente vai ganhar a eleição e ainda, acredito, com muita facilidade", seguiu o senador.

Bolsonaro x Lula

Ciro Nogueira também comentou uma possível disputa entre Bolsonaro e o ex-presidente Lula nas eleições de 2022. Para o progressista, Lula não é o mesmo de anos atrás e o povo tende a rejeitar o retorno do PT ao Governo. “O grande discurso é: 'O Lula de hoje que está vindo aí não é aquele Lula. É o Lula para trazer o PT de volta'. Não tem partido mais odiado no país do que o PT”, destacou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.