GP1

Política

Fábio Abreu confirma filiação da deputada Marina Santos ao PL

“Para nós é uma alegria muito grande contarmos com mais uma deputada nos nossos quadros", disse Abreu.

O deputado federal Fábio Abreu confirmou nesta terça-feira (14) que a deputada Marina Santos vai se filiar ao PL. A saída da parlamentar do Solidariedade vinha sendo especulada desde o mês de agosto e conforme Abreu, Marina deve se reunir com o presidente nacional do PL ainda esse mês.

“Para nós é uma alegria muito grande contarmos com mais uma deputada federal nos nossos quadros. Passamos a ter dois deputados federais e suplentes, isso mostra essa união que o partido está tendo, essa importância que o partido está tendo, essa consolidação do PL a nível estadual e consequentemente a nível nacional, porque recentemente houve a adesão do Marcos Feliciano ao PL e agora a deputada Marina”, afirmou o parlamentar.

Foto: Lucas Dias/GP1Fábio Abreu
Fábio Abreu

Abreu disse que Marina tentará um acordo com o Solidariedade para que seja liberada para se filiar ao PL. Caso não logre êxito, a deputava deve aguardar a janela partidária no próximo ano.

“Temos duas alternativas. A primeira é um acordo com o partido, tenho certeza que há essa proximidade muito grande do presidente nacional do Solidariedade com o presidente do PL e da janela somente próximo ano. O anúncio mostra o interesse e o compromisso com o PL a partir de então”, continuou Fábio Abreu.

Paes Landim no PL

Fábio Abreu ainda destacou que o suplente de deputado Paes Landim também vai se filiar à sigla. Paes Landim, que era do PTB, chegou a buscar o entendimento com o MDB, mas decidiu se filiar ao partido de Fábio Abreu.

“O Paes Landim também está confirmado como membro do partido. Temos um cenário hoje, eu e a Marina, o Paes Landim e o Mainha como suplentes, o Silas Freire. São vários os nomes importantes no cenário nacional e que vamos em 2022 bastante confiante em uma possibilidade determos duas vagas para deputada federal”, finalizou Abreu.

Estratégia de Evaldo Gomes

Embora Marina Santos seja a única deputada federal do Solidariedade, o presidente estadual da sigla, Evaldo Gomes, tem afirmado em reiteradas entrevistas à imprensa que a sigla não precisa da parlamentar. Perdendo a parlamentar, a estratégia de Evaldo é lançar a superintendente da Suparc, Viviane Moura e os jornalistas Arnaldo Ribeiro e Wesley Paz para disputar o uma vaga federal.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.