GP1

Política

Bolsonaro diz que apoia paralisação de jornalistas

Profissionais de Brasília e do Rio de Janeiro decidiram paralisar as atividades nesta quarta-feira (25).

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), usou as redes sociais para opinar sobre uma paralisação realizada por jornalistas nesta quarta-feira (25), em Brasília e no Rio de Janeiro. A categoria reivindica reajuste salarial.

Em sua conta no Twitter, Bolsonaro disse que apoiava o movimento e compartilhou a publicação da jornalista Jussara Soares, do jornal O Globo, que divulgou a paralisação da classe.

Na sequência, o chefe do executivo publicou uma declaração dada por ele em novembro de 2021, quando houve outra manifestação de jornalistas, em São Paulo. Na ocasião, Bolsonaro afirmou em uma live que os profissionais do jornalismo estariam pagando o preço pelo “fique em casa” durante a pandemia.

“As consequências daquela história que vocês, imprensa, falaram tanto do ‘fica em casa e a economia a gente vê depois’ está servindo também para a imprensa. Todo mundo está pagando o preço alto em cima disso”, disse o presidente em 11 de novembro de 2021.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.