Colunista Herbert Sousa
GP1

Prefeito Edilson Capote gasta R$ 284 mil com urnas funerárias

O contrato macabro foi assinado no dia 12 de abril de 2021.

O prefeito de Barras, Edilson Capote (PSD), parece estar prevendo mais mortes no município de Barras devido a pandemia do novo coronavírus. O município registrou, até esta terça-feira (27), 79 mortes em decorrência da covid-19.

O gestor contratou por R$ 284.00,00 (duzentos e oitenta e quatro mil reais) a empresa Nacional Pax Serviços Postumos LTDA, para fornecimento de urnas funerárias e prestação de serviços póstumos para atender as necessidades a Prefeitura Municipal de Barras.

Foto: Reprodução/FacebookEdilson Capote
Edilson Capote

O contrato macabro foi assinado no dia 12 de abril de 2021, tem vigência até o dia 31 de dezembro e foi publicado no Diário Oficial dos Municípios do dia 12 de abril.

Como fonte de recursos, o prefeito utilizou o FPM, FMAS, ICMS e recursos próprios.

Parece que a população de Barras não tem muito com que se preocupar, já que o prefeito já está até preparando o enterro dos próprios eleitores.

Confira o contrato:

Foto: Reprodução/DOMPrefeito Edilson Capote gasta R$ 284 mil com urnas funerárias em Barras
Prefeito Edilson Capote gasta R$ 284 mil com urnas funerárias em Barras

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.