GP1

Júlio César leva caravana de prefeitos para visitar ministro Ciro Nogueira

O deputado, que é presidente do PSD no Piauí, integra a base aliada do governador Wellington Dias (PT).

O deputado federal Júlio César Lima, presidente do PSD no Piauí, levou uma caravana de prefeitos a Brasília nesta quarta-feira (25) para visitar o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira. Os filhos do líder do PSD, deputado Georgiano Neto (PSD) e o diretor do Sebrae-PI, Júlio César Lima Filho, também acompanharam a visita.

Participaram do encontro em Brasília os prefeitos Mirim (PSD), de Conceição do Canindé; Joaquim da Farmácia (PSD), de Paulistana; Dr. Carlim (PSD), de Vera Mendes; Toninho de Caridade (PSD), de Caridade do Piauí; Geraldo Fonseca (Republicanos), de Bertolínia; Karyne do Rodrigão (Progressistas), de Cocal de Telha; Zé Henrique (PSD), de Nossa Senhora de Nazaré; e Hilton Gomes (PSD), de Jatobá do Piauí. O ex-vereador Tiago Vasconcelos, superintendente do Incra no Piauí, também se fez presente.

Nas redes sociais, Júlio César afirmou que o encontro com o ministro se deu com objetivo de garantir ajuda aos municípios. Ciro Nogueira também divulgou registros da reunião, onde, segundo ele, conversaram sobre a possibilidade de “trabalhar juntos” em prol do estado. “Conversamos sobre o andamento de demandas importantes para o desenvolvimento dos nossos municípios e como podemos trabalhar juntos para fazer o Piauí crescer ainda mais”, afirmou Ciro.

A post shared by Ciro Nogueira (@cironogueira)

Júlio César integra a base aliada do governo Wellington Dias (PT) e almeja uma vaga na chapa majoritária nas eleições de 2022, mas seu plano esbarra no fato de já ser dado como certo que a vaga de vice de Rafael Fonteles na disputa pelo Karnak será do MDB, e o candidato natural ao Senado é o próprio governador.

Vislumbrando a possibilidade de não ser contemplado na distribuição das vagas, Júlio César tem dito que as portas não estão fechadas para a oposição e começa a se movimentar, abrindo diálogo com Ciro Nogueira. Vale lembrar que não é de hoje que o Progressistas vem tentando “conquistar” o PSD, com a oferta da vaga de senador na chapa.

O encontro em Brasília pode ter sido um aviso para o governador.

*** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do GP1

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.