GP1

Brasil

PTB vai pedir impeachment do ministro Edson Fachin

O anúncio foi feito após Fachin anular todas as sentenças proferidas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, informou nesta segunda-feira (08), que o seu partido está elaborando pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. O anúncio foi feito após Fachin anular todas as sentenças proferidas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Roberto Jefferson explicou que o PTB está analisando os “abusos” cometidos pelo ministro do STF para então apresentar pedido de impeachment junto ao Senado Federal. “Nosso Departamento Jurídico do PTB está elaborando um pedido de impeachment do ministro Edson Fachin. Estamos avaliando os abusos cometidos por Fachin para podermos dar entrada no pedido de impeachment no Senado. Posteriormente daremos mais informações”, declarou.

O ex-deputado lembrou que o Partido Trabalhista Brasileiro já apresentou pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes e ressaltou que, vai acionar a Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), caso ele não abra os processos e encaminhe para votação.

“Já apresentamos pedido de impeachment de Alexandre Moraes. Apresentaremos pedido de impeachment de Fachin. Se Pacheco não colocar os pedidos para serem votados, ingressaremos com notícia-crime na PGR contra o presidente do Senado por prevaricação e por não cumprir a Constituição”, concluiu.

Lula

O ministro Edson Fachin declarou a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba para o processo e julgamento das três ações da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – triplex do Guarujá, sítio de Atibaia e do Instituto Lula – , anulando todas as decisões daquele juízo nos respectivos casos, desde o recebimento das denúncias até as condenações, o que torna o petista elegível.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.