GP1

Brasil

Jornalista Oswaldo Eustáquio denuncia ministro Alexandre de Moraes

Ele ingressou junto à Corte Interamericana de Direitos Humanos, pedindo a revogação de sua prisão.

O jornalista Oswaldo Eustáquio, preso em 18 de dezembro por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), ingressou com medida cautelar junto à Corte Interamericana de Direitos Humanos pedindo a revogação de sua prisão em caráter liminar. Ele também denunciou o ministro do STF Alexandre de Moraes.

A informação a respeito do pedido foi confirmada pela esposa do jornalista, Sandra Terena. Ela afirmou que Oswaldo Eustáquio denunciou Alexandre de Moraes por abuso de autoridade.

“O jornalista Oswaldo Eustáquio entrou com medida cautelar na Corte Interamericana dos Direitos Humanos, pedindo sua liberdade imediata e denunciou o Min Alexandre de Moraes por abuso de autoridade. Agora ele vai ter que soltar o Oswaldo, caso contrário, o ministro será indiciado”, declarou Sandra Terena.

PGR pediu liberdade

No dia 17 de junho a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu a liberdade do jornalista, em parecer enviado ao STF, assinado pelo vice-procurador-geral Humberto Jacques. Atualmente Oswaldo Eustáquio se encontra em prisão domiciliar.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.