GP1

Brasil

Morre o ex-diretor da Globo Alberico de Sousa Cruz aos 84 anos

Jornalista recebeu o diagnóstico de leucemia há dois anos e meio e, desde então, lutava contra a doença.
Por Estadão Conteúdo

Morreu nesta terça-feira, 10, aos 84 anos, o ex-diretor de Jornalismo da TV Globo Alberico de Sousa Cruz. O jornalista recebeu o diagnóstico de leucemia há dois anos e meio e, desde então, lutava contra a doença. Há uma semana, foi internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio, com complicações da doença e não resistiu.

Alberico nasceu em Abaeté, no interior de Minas Gerais. Formou-se em Direito, mas seguiu o jornalismo como profissão. Ele deixa mulher, Regina, duas filhas, Cristiana e Janaína, e três netos.

Foto: Reprodução/TV GLOBOAlberico de Sousa Cruz, ex-diretor de Jornalismo da Globo
Alberico de Sousa Cruz, ex-diretor de Jornalismo da Globo

O jornalista trabalhou nos principais jornais, revistas e emissoras do País, com passagens pelo Jornal do Brasil, Revista Manchete, Última Hora em Brasília, revista Veja e em O Jornal, dos Diários Associados.

No jornalismo da Globo, Sousa Cruz foi responsável pelas coberturas da morte do presidente eleito Tancredo Neves, em 1985, e da Guerra do Golfo, em 1991, esta com repórteres em Israel, Jordânia, Iraque e Estados Unidos.

Alberico chegou à Globo em 1980 para assumir o posto de diretor de Jornalismo da emissora em Minas Gerais. Em 1982, se mudou para o Rio de Janeiro, onde se tornou diretor de Telejornais Comunitários da Central Globo de Jornalismo.

O jornalista assumiu o cargo de diretor de Telejornais da Globo, em 1987. Ficou na emissora até 1995. Depois, comandou o jornalismo da Rede TV até se aposentar, em 2002.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.