GP1

Fortaleza - Ceará

Após polêmica, Lucas Crispim é reintegrado ao elenco do Fortaleza

De acordo com a diretoria tricolor, Crispim pediu desculpas e foi acolhido pelo elenco e comissão.

O Fortaleza foi de 0 a 100km/h muito rápido entre 2021 e 2022. Após uma temporada que garantiu o 4º lugar do clube cearense no Brasileirão, o Leão do Pici segue na batalha para deixar a zona de rebaixamento. A equipe tricolor é a 19ª colocada.

Com uma sequência de derrotas dentro e fora de casa, a diretoria do Fortaleza foi cobrada por torcedores e a situação se complicou no desembarque tricolor após a derrota para o Avaí, quando o jogador Robson foi agredido por um grupo de aficionados na sexta-feira (17).

Foto: Reprodução/TwitterLucas Crispim
Lucas Crispim

No dia da agressão a um companheiro de equipe, o ala-esquerdo Lucas Crispim comemorou seu aniversário e, no sábado (18), teve seu afastamento por tempo indeterminado do grupo divulgado pela diretoria do Leão através de nota oficial. Na partida contra o América-MG, Crispim já não esteve presente.

Nesta terça-feira (21), o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, fez um pronunciamento sobre o afastamento do atleta. O dirigente confirmou o retorno do jogador ao elenco após um pedido de desculpas do jogador.

“Ele conversou conosco nesta segunda (20), reconheceu que se excedeu, pediu desculpas À diretoria e ao elenco, que o acolheu e o abraçou. A gente entende que ele tem que ser reincorporado. Já está treinando. O crispim mostrou humildade e que quer estar com a gente neste trabalho em 2022”, comentou Marcelo Paz. Confira o pronunciamento de Marcelo Paz, presidente do Fortaleza.

Agora, com o ala reintegrado, o Leão do Pici se prepara para o Clássico-Rei desta quarta-feira (22), pela Copa do Brasil. Na Arena Castelão, Fortaleza e Ceará se enfrentam às 19h.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.