Chefe de quadrilha fura cerco da polícia após espalhar terror no Piauí

- atualizado

Haroldo, o chefe do grupo criminoso que aterroriza o Baixo Parnaíba conseguiu furar o cerco da polícia no final da manhã de ontem, na localidade Angico Branco, divisa entre Miguel Alves e Barras, depois de espalhar o terror à frente de um grupo de seis homens, todos utilizando possantes motos, o que levou ao fechamento de escolas em Barras, Nossa Senhora dos Remédios e zona rural de Miguel Alves.

Durante a perseguição os policiais de uma força tarefa conseguiram prender um membro da quadrilha e apreender duas motos.

O nome do bandido que foi preso está sendo mantido em segredo porque ele é considerado peça altamente importante para se chegar aos demais, principalmente a Haroldo, considerado o mais perigoso e acusado de ser matador profissional, assaltante de bancos e traficante de drogas. Tudo começou pela manhã, quando correu em Nossa Senhora dos Remédios a informação de que o bando de Haroldo invadiria escolas.

Imediatamente os diretores suspenderam as aulas e despacharam os alunos que deixaram os colégios com seus pais, que já haviam corrido para o estabelecimentos após a notícia se alastrar. A mesma coisa ocorreu na zona rural de Barras e no grande povoado Angelim do Chico Noca, que fica no município de Miguel Alves fazendo divisa com Barras.

EXCLUSIVAS

É demônio

Haroldo não é conhecido de hoje. Há muito tempo ele é considerado o Demônio do Baixo Parnaíba. Sempre traficou, matou e roubou motos na zona rural de Porto, Nossa Senhora dos Remédios, Barras e Miguel Alves.

Proteção

Os feitos criminosos de Haroldo nunca foram amplamente divulgados na Capital porque ele sempre foi protegido por alguns agentes públicos baseados no interior e pelo medo da população rural de denunciá-lo.

Reinado

Haroldo reinava e seu nome era pronunciado a boca pequena, para que ele não tomasse conhecimento. A população sempre soube que havia "vistas grossas" para ele e por isso sabia que denunciá-lo seria assinar sentença de morte.

Desafio

  • Foto: Laura Moura/GP1Fábio Abreu retorna a Secretaria de Segurança Fábio Abreu retorna a Secretaria de Segurança

Fábio Abreu tem a obrigação de mostrar o mais rápido possível esse bandido algemado ou crivado de chumbo, se reagir.

A hora de André

O agrônomo, agropecuarista e presidente da APCZ, André Nogueira, segundo amigos próximos, finalmente entendeu que esta é a hora de começar a trabalhar a sua candidatura a prefeito de Corrente, tradicionalíssima cidade do Sul do Estado.

Apoio do João

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1João Mádison NogueiraJoão Mádison Nogueira

André Nogueira terá o apoio incondicional de seu sócio e primo João Mádison Nogueira, um dos mais influentes deputados do estado nos tempos atuais.

"Senta, desequilibrada"

  • Foto: Dida Sampaio/Estadão ConteúdoDeputada Maria do RosárioDeputada Maria do Rosário

Toda vez que a deputada Maria do Rosário (PT) durante as nove horas de sessão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Federal, na madrugada de ontem se levantava e partia para o presidente da mesa, ouvia-se praticamente um coro no plenário: "senta, desequilibrada, senta..."

Ciro vai outra vez

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Senador Ciro NogueiraSenador Ciro Nogueira

Ciro Nogueira deverá ser reconduzido à presidência do Progressistas nacional hoje, mesmo enfrentando problemas com a Justiça.

Recondução importante

A recondução de Ciro Nogueira à presidência nacional do seu partido é altamente importante para os seus planos futuros e também para rebater as adversidades.

Sem conversa com Wellington

  • Foto: Divulgação/AscomCiro Nogueira e Wellington DiasCiro Nogueira e Wellington Dias

A eleição da diretoria nacional do Progressistas é um dos motivos pelos quais Ciro Nogueira ainda não conversou com Wellington Dias sobre a ocupação de espaços dos seus aliados no Governo.

Belê volta

  • Foto: José Maria Barros/GP1Belê anuncia metas para novo mandatoBelê Medeiros

Anotem para conferir depois: Belê Medeiros volta para uma cadeira na Assembleia Legislativa embora tenha ficado numa suplência. Ela está no Progressistas.

Perto do índio

  • Foto: Hélio Alef/GP1Firmino PauloFirmino Paulo

Amigos próximos de Firmino Paulo garantem que ele está cada vez mais próximo de Wellington Dias depois de "sofrer uma decepção com o tio Firmino Filho".

"Ex-liso levanta palácio"

Ex-vereador da Capital espalha nos encontros da elite que um "ex-liso está construindo um verdadeiro palácio lá pelas bandas do Socopo".

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Bacharel em Direito, Feitosa Costa é jornalista desde 1977 e escreve a Coluna Política & Bastidores. Contato: (86) 98162 1515 / 99987 8114