GP1

Coronavírus no Piauí

IASPI suspende cirurgias eletivas por 30 dias devido a covid-19

Segundo o órgão, a ideia é liberar leitos para pacientes com coronavírus, já foi detectado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) um aumento nos casos da doença.

O Instituto de Assistência à Saúde do Servidor Público do Estado do Piauí (Iaspi) suspendeu, a partir desta segunda-feira (11), pelo prazo de 30 dias, a liberação de cirurgias eletivas.

Segundo o órgão, a ideia é liberar leitos para pacientes com coronavírus, já foi detectado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) um aumento nos casos de covid-19 nas últimas semanas no Piauí.

Foto: Divulgação/AscomIESPI
IESPI

As cirurgias oncológicas, oftalmológicas e demais tratamentos cuja indicação médica que necessite de urgência não serão afetadas pela nova medida.

Confira a nota na íntegra

COMUNICADO

O Instituto de Assistência à Saúde do Servidor Público do Estado do Piauí (IASPI) informa que devido a nova onda de pandemia de coronavírus, estão suspensas por 30 dias (trinta), a liberação de cirurgias eletivas, exceto as cirurgias oncológicas, oftalmológicas e demais tratamento cuja indicação médica solicite brevidade no atendimento, com a devida justificativa, que deverá ser analisada pela equipe médica de auditores, tendo em vista a necessidade de liberação de leitos para internação e tratamento de covid-19.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.