GP1

Coronavírus no Piauí

COE vai discutir nesta terça-feira sobre novas restrições no Piauí

A reunião dos técnicos do Comitê de Operações Emergenciais (COE) estadual vai acontecer, na tarde desta terça-feira (02), às 17h30.

Técnicos do Comitê de Operações Emergenciais (COE) estadual vão se reunir, na tarde desta terça-feira (02), às 17h30, para fazer uma avaliação sobre o avanço da covid-19 no estado após novas medidas determinadas em decreto do governador Wellington Dias que tem vigência até o próximo domingo (04).

O secretário de Governo do Estado, Osmar Júnior, explicou que após a reunião o governador Wellington Dias vai decidir se mantém as medidas já adotadas, se flexibiliza ou se as restringe mais ainda. O chefe do executivo estadual está em Brasília e deve tomar uma decisão nesta quarta-feira (03).

Foto: Lucas Dias/GP1Osmar Júnior
Osmar Júnior

“Será o balanço que o COE vai fazer do quadro que vai definir a decisão, o governador tem dito e tem feito, tudo que for necessário para conter essa crise que for de responsabilidade do Governo do Estado será feito, portanto, nós estamos atentos”, afirmou Osmar Júnior.

Segundo o secretário, os técnicos vão observar o nível de contágio, o nível de internação em leitos clínicos e de UTI. “Nós seremos informados pelo COE sobre o balanço que eles fizeram e sobre as medidas que eles consideram necessárias para o enfrentamento dessa crise”, afirmou Osmar.

“Eu quero registrar o importante apoio que nós temos recebido da população quanto a essas medidas, nós temos um apoio massivo, e embora ainda tenha aqueles que se negar a reconhecer a crise e que se negam a aceitar a sua reponsabilidade como membro de sua comunidade, eu diria que a grande maioria está apoiando e é por isso que nós temos confiança de que vamos superar essa crise”, completou.

Osmar Júnior também defendeu as medidas que devem ser tomadas a nível nacional como pediram os secretários estaduais de Saúde. “Essa é a expectativa que se tem [de medidas nacionais], nós somos um país muito integrado com um sistema de transporte que funciona e isso faz com que os brasileiros circulem por dentro do país com grande facilidade, por isso é que precisamos de medidas nacionais”, esclareceu.

“A expectativa que os governadores têm nesse momento é de que o presidente Jair Bolsonaro possa convocá-los para discutir e executar medidas nacionais no sentido de se conter essa contaminação pelo coronavírus. Essas medidas vêm tanto na ordem da ação social, através do distanciamento social, como no financiamento de saúde, auxílio-emergencial e sobretudo a vacina”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.