GP1

Eleições 2022

"Quem pode fazer mais somos nós", afirma Fábio Novo sobre 2022

Fábio Novo ainda destacou que a novidade das próximas eleições é o pré-candidato Rafael Fonteles.

O secretário de Estado de Cultura, Fábio Novo, afirmou em entrevista ao GP1, na última quinta-feira (4), que a oposição não terá um discurso de novidade para as eleições de 2022, tendo em vista que já fez parte do Governo Wellington Dias e seus pré-candidatos já foram testados em outras eleições. Para Novo o atual grupo petista é quem pode fazer mais pelo Piauí.

“A oposição não é novidade, já foi governo, teve a oportunidade de estar junto com a gente. Por que não fez? O discurso do próximo ano é de quem pode fazer mais, quem pode fazer mais somos nós”, declarou Fábio Novo.

Foto: Lucas Dias/GP1Fábio Novo
Fábio Novo

A oposição é hoje liderada por nomes como do ministro Ciro Nogueira (Progressistas), deputada Iracema Portella (Progressistas) e do ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB).

Rafael é novidade

Fábio Novo ainda destacou que a novidade das próximas eleições é o pré-candidato do Governo, o secretário Rafael Fonteles, que nunca disputou uma eleição. O secretário ainda comentou o crescimento de Rafael nas pesquisas de intenção de votos.

“Saiu uma pesquisa de um instituto muito respeitado no Piauí, que raramente falha e o que nós vimos é que o candidato que se diz ‘pé de chumbo’ é o que mais cresce. O Rafael começou com 1,5% e hoje tem mais de 21% das pesquisas. E os candidatos da oposição caindo. O discurso que vai ser colocado no próximo ano na sociedade não é novidade”, declarou Novo.

“A novidade é o Rafael, que é um técnico, que nunca disputou uma eleição, que fez o dever de casa, que no mês de outubro mostrou para o Piauí e para o Brasil que pela primeira vez nós pagamos os salários dentro do mês, porque no período de pandemia organizamos as contas do estado para que pudéssemos chegar nesse patamar”, finalizou o petista.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.