GP1

Esportes

Ceará vence Independiente e garante vaga na Sul-Americana

Rodrigo Lindoso e Stiven Mendoza assinalam os dois gols do Vozão e carimbam passaporte para oitavas.
Por Estadão Conteúdo

Assim como o arquirrival Fortaleza na Copa Libertadores, o Ceará também fez história na noite da última quarta-feira (25), quando venceu com o Independiente, por 2 a 0, no estádio de Avellaneda, em Buenos Aires, e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O Ceará se classificou com a melhor campanha da fase de grupos, já que venceu os seis jogos disputados e terminou na liderança isolada do Grupo G, com 18 pontos ganhos. O Independiente ficou em segundo, com 12, e está eliminado da competição.

Além da classificação histórica, o Ceará também garantiu premiação de US$ 500 mil, o equivalente a cerca de R$ 2,4 milhões, por chegar às oitavas de final, acumulando montante de US$ 1,4 milhão (R$ 6,75 milhões) na Sul-Americana.

O primeiro tempo foi bastante tenso e com o Ceará não se intimidando como visitante. Tanto é que o time brasileiro teve duas boas chances com o atacante Vina, a melhor aos 40 minutos, quando Mendoza deu assistência e o jogador finalizou fraco nas mãos do goleiro Sebastián Sosa.

O Independiente teve dificuldades de passar pela defesa do Ceará e antes do intervalo viu os brasileiros abrirem o placar. Aos 49 minutos, Victor Luís cobrou falta, a marcação desviou e Rodrigo Lindoso finalizou na saída do goleiro.

No segundo tempo, como esperado, o Independiente foi para o tudo ou nada e precisou se expor mais no ataque. Logo aos três minutos, Fernández fez jogada individual e arriscou chute de fora da área, contudo, sobre o travessão do goleiro João Ricardo.

O Ceará jogou com o regulamento e administrou a excelente vantagem em campo para confirmar a classificação. Num dos poucos lances que chegou com perigo, aos 31, Vina cobrou falta na área e encontrou o zagueiro Luiz Otávio, que cabeceou para defesa de Sebástian Sosa.

Na reta final do segundo tempo, o Ceará foi fatal no contra-ataque e selou a classificação. Aos 45 minutos, Richardson saiu em velocidade, tocou para Erick e o atacante cruzou para Mendoza, que finalizou forte, sem chances de defesa.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE 0 X 2 CEARÁ

INDEPENDIENTE - Sebastián Sosa; Vigo (Rodrigo Márquez), Barreto, Insaurralde e Lucas Rodríguez (Togni); Lucas Romero, Blanco, Soñora, Roa (Leandro Fernández) e Batallini (Pozzo); Benegas. Técnico: Eduardo Domínguez.

CEARÁ - João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Victor Luís (Lucas Ribeiro); Richardson (Wescley), Rodrigo Lindoso e Richard Coelho (Bruno Pacheco); Lima (Erick), Mendoza e Vina (Cléber). Técnico: Dorival Júnior.

GOLS - Rodrigo Lindoso, aos 49 minutos do primeiro tempo. Mendoza, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Chrystian Ferreira (URU).

CARTÕES AMARELOS - Vigo, Rodrigo Márquez, Insaurralde e Benegas (Independiente); Richardson, Rodrigo Lindoso, Lima e Vina (Ceará).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Libertadores de América, em Avellaneda (ARG).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.