Teresina - PI

Corso de Teresina: vendedora aposta no Acarajé para ter renda extra

O GP1 conversou com a dona Antônia, Araújo que foi para o corso vender acarajé, da culinária baiana, remetendo ao período de Carnaval.

Davi Fernandes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
- atualizado

O Corso de Teresina 2020, que é realizado neste sábado (15), além de ser um evento que abrange milhares de pessoas pela folia, também é um espaço para pessoas que querem ganhar um dinheiro a mais e complementar a renda deste mês de fevereiro.

O GP1 conversou com a dona Antônia Araújo, moradora do bairro Mafrense, na zona norte de Teresina, que foi para o Corso vender acarajé, uma comida típica da culinária baiana. “A gente já tem costume de vender o arrumadinho, então dessa vez a venda vai ser de acarajé, para complementar, pois também chama a atenção”, disse.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Barracas no Corso de Teresina 2020Barracas no Corso de Teresina 2020

Ainda segundo Antônia Araújo, o acarajé, feito com o feijão, passa por um processo até ficar completamente feito. “A gente coloca o feijão de molho, tem que lavar, passa no liquidificador, aí coa, depois bate com cebola para fazer o bolinho”, ressaltou.

Outros eventos

Dona Antônia ainda disse que após encerrar o corso, tem outro evento, dessa vez será na cidade de Floriano. “Depois do corso irei para Floriano, eu viajo o Piauí todo em eventos realizando as vendas”, finalizou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Confira as principais fantasias do Corso de Teresina 2020

"O Corso de Teresina tem a cara do nosso povo", diz Firmino Filho

Folião se veste de Papa Francisco e pede paz no Corso de Teresina

Mais conteúdo sobre: