Teresina - PI

Covid-19: Hospital da PM-PI começa a funcionar como unidade sentinela

A unidade de saúde conta com leitos clínicos, de estabilização e terá leitos de UTI para o combate ao coronavírus.

Jeyson Moraes
Teresina
- atualizado

O secretário de saúde do estado do Piauí, Florentino Neto, afirmou na manhã desta quarta-feira (1) que o Hospital da Polícia Militar (HPM) começou a funcionar como hospital sentinela para pacientes infectados pelo novo coronavírus (Covid-19).

Florentino Neto disse que o hospital está sendo preparado há 15 dias e conta com leitos clínicos e de estabilização. Ele afirmou ainda que vão ser implantados leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

  • Foto: Divulgação/SesapiSecretário Florentino Neto em visita ao Hospital da PMSecretário Florentino Neto em visita ao Hospital da PM

“Nos últimos 15 dias nós preparamos esse hospital para ser um hospital sentinela, temos leitos clínicos e de estabilização, mas durante todo esse processo, vamos implantar aqui leitos de UTI. Isso é importante porque se trata de um hospital da rede estadual que servirá como sentinela e que junto com toda a rede fará esse enfrentamento a Covid-19”, ressaltou o secretário.

Ele agradeceu ainda o HPM, o comando da Polícia Militar e o governador Wellington Dias (PT), por "terem dado as condições de em tempo recorde prepararmos esse hospital para o combate à Covid-19”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias acredita que número de casos de Covid-19 no Piauí é maior

MPF fiscaliza ações do Governo do Piauí em relação ao coronavírus

Piauí é o 5º estado do país com maior número de mortes por coronavírus

Mais conteúdo sobre: