Coronavírus no Piauí

Covid-19: MPT-PI expede recomendações para farmácias e supermercados

São considerados serviços essenciais supermercados, mercadinhos, mercearias, hipermercados, lojas de conveniência, padarias, farmácias, drogarias e lojas de produtos sanitários e de limpeza.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

O Ministério Público do Trabalho no Piauí (MPT-PI) expediu duas notificações recomendatórias para garantir o cuidado com a saúde de trabalhadores e clientes de atividades consideradas essenciais durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

São considerados serviços essenciais supermercados, mercadinhos, mercearias, hipermercados, lojas de conveniência, padarias, farmácias, drogarias e lojas de produtos sanitários e de limpeza. Para os setores é recomendado o afastamento de pessoas idosas, portadoras de doenças cônicas, gestante e imunocomprometidos sem prejuízo salarial.

  • Foto: Davi Fernandes/GP1Pessoa com máscara em aglomeraçãoPessoa com máscara em aglomeração

Farmácias

A recomendação do MPT-PI pede que os estabelecimentos disponibilizem Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva, informações sobre higienização, uso e descarte de materiais de proteção potencialmente contaminados, bem como higienização com álcool 70%, higienizar a cada três horas pisos e paredes com água sanitária.

É recomendado ainda que dentro dos locais fechados, como nas farmácias, os clientes fiquem cerca de cinco metros de distância um do outro. Do lado de fora a recomendação é que estejam 2 metros afastados. Outra orientação é que sejam instalados anteparos físicos que reduzam o contato dos trabalhadores com o público e que seja disponibilizado pias com sabão, papel toalha e álcool gel nas proximidades das estações de trabalho.

Autodeclaração

A nota expedida pelo MPT também recomenda que as empresas aceitem a autodeclaração do empregado a respeito de seu estado de saúde, relacionado a sintomas da Covid-19, permitindo o afastamento do trabalho e se preciso, trabalho à distância. Não é permitido o ingresso de trabalhador com sintomas da Covid-19 nas empresas.

Venda de alimentos

Além das recomendações anteriores, o MPT recomenda que os estabelecimentos reorganizem a escala de trabalho a fim de reduzir o número de trabalhadores por turno, de modo a evitar aglomerações de trabalhadores. É necessário ainda higienizar a cada três horas trinco de portas, corrimão de escadas, elevadores, bancadas, carrinhos de compras, balanças e outros produtos com álcool 70%.

Após cada utilização de máquinas de cartão de crédito e débito é recomendada ainda a higienização com o álcool. Orienta ainda que sejam retirados bebedouros e que funcionários que lidem com carnes, frutas e verduras utilizem máscaras.

Nos supermercados o cliente deve ficar em filas a pelo menos um metro e meia de distância do outro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Número de casos de covid-19 reportados à OMS passa de 400 mil

Supermercado de Teresina adota serviço de autoatendimento para clientes