Teresina - PI

Detento da Cadeia Pública de Altos morre no HUT; 2º caso em 6 dias

No dia 14 de maio, um preso de iniciais F. W. M. S morreu por conta de um quadro agudo de insuficiência renal, associado a septicemia e pneumonia.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

Um detento da Cadeia Pública de Altos, identificado como Martoniel Costa Oliveira, que estava internado na UTI do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), morreu a noite dessa terça-feira (19). Ele é um dos apenados do sistema penitenciário que passaram a apresentar graves problemas de saúde desde o último dia 06 de maio de 2020.

Esse é o segundo caso de óbito de detento em função de problemas de saúde ocorridos na Cadeia Pública de Altos. No dia 14 de maio, um preso de iniciais F. W. M. S morreu por conta de um quadro agudo de insuficiência renal, associado a septicemia e pneumonia.

De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus) até ontem havia 10 detentos, que estavam recebendo cuidados médicos no HUT.

Entenda o caso

Em 06 de maio de 2020, 48 detentos da Cadeia Pública de Altos apresentaram sintomas de intoxicação alimentar e que uma equipe da Secretaria de Saúde da Saúde do Piauí (Sesapi) foi deslocada até a unidade prisional a fim de coletar amostras para realização de exames.

Do total, sete dos detentos tiveram complicações em decorrência de insuficiência renal e acabaram sendo internados no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e um dos presos, de iniciais F.W.M.S, acabou não resistindo e morreu no dia 14 de maio, por conta de um quadro agudo de insuficiência renal, associado a septicemia e pneumonia.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dez detentos da Cadeia Pública de Altos seguem internados no HUT

Cadeia Pública de Altos não receberá mais presos, diz Sinpoljuspi

Detentos da Cadeia de Altos internados recebem alta, diz Sejus

Sejus detecta infecção em 48 detentos da Cadeia Pública de Altos