Teresina - PI

Dudu diz que houve superfaturamento no sistema de integração de Teresina

“Tudo que a prefeitura faz é com absoluta transparência e dentro da legalidade, sobre qualquer manifestação e não tem dificuldade para mostrar nada", disse o secretário de Comunicação Fernando Said.

Jonas Carvalho
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Em entrevista ao GP1, o vereador Dudu (PT) criticou mais uma vez o sistema de integração da Capital e declarou que o projeto não atingiu a sua finalidade e possui alto índice de rejeição dos usuários.

“O que agente observa hoje em todo o sistema de integração na cidade é que é um sistema falho e com indícios de que houve superfaturamento, desvios de finalidades. Todas as vias, Barão de Gurguéia, Miguel Rosa, João XXIII, onde foram feitas as vias rápidas, todas foram praticamente refeitas. Isso mostra uma obra que não tem fiscalização, uma obra não atingiu seus objetivos”, declarou o vereador.

  • Foto: Helio Alef/GP1Vereador DuduVereador Dudu

O membro da Câmara enviou uma denúncia formal ao Tribunal de Contas do Estado ainda no fim do primeiro semestre de 2018, quando as obras do sistema estavam em andamento.

“Baseado em denúncias de construtores que participaram da licitação do certame, dizendo que houve direcionamento e superfaturamento, nós enviamos para o TCE, que é o órgão fiscalizador das licitações pra que a gente pudesse ter esta explicação técnica. Então o TCE acatou a nossa propositura e hoje audita todo o sistema de integração de Teresina”, pontuou.

Hoje ouvidor da Câmara Municipal, o parlamentar avaliou o projeto como “péssimo para Teresina”, criticando a redução na frota de veículos pelas concessionárias responsáveis pelo serviço.

“Estamos vendo denúncias e mais denúncias que está tendo retirada quantitativa de ônibus das linhas e nós estamos vendo que depois que foi feita essa Integração, diminuiu a quantidade de ônibus e a própria prefeitura disse que iria melhorar. Eu não acredito que você, numa população crescente, melhore o transporte público tirando ônibus de circulação”, disparou Dudu.

Ainda de acordo com o vereador, na próxima semana será feita uma pesquisa popular sobre a qualidade do projeto implantado, além de haver uma reunião com o presidente do TCE para pedir uma outra auditoria do sistema como um todo.

Outro lado

Procurado na noite desta segunda-feira (25), o secretário de Comunicação, Fernando Said, afirmou que qualquer procedimento realizado pela Prefeitura de Teresina é exercido com transparência e legalidade e que é normal a oposição questionar o trabalho feito pelo prefeito.

“Tudo que a prefeitura faz é com absoluta transparência e dentro da legalidade, sobre qualquer manifestação e não tem dificuldade para mostrar nada. Tudo que for preciso, a prefeitura fará para mostrar a lisura e a legalidade dos procedimentos adotados e não tem preocupação com este caso e nem com qualquer outro que eventualmente venha ser questionado. Isso é normal, é natural, é o papel da oposição, que tem que fazer isso mesmo, tem que fiscalizar e acompanhar, mas tem que provar”, declarou o secretário.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jeová diz que sistema de integração dos ônibus é uma “gambiarra”

Comissão da OAB vai vistoriar terminais de integração de Teresina

Dudu vai pedir auditoria do TCE na implantação do Inthegra

Mais conteúdo sobre: