Teresina - PI

Edson diz que Sílvio não impôs pré-candidatura para retornar ao PSDB

“Como todos já sabem, o Sílvio confirmou que se filia ao partido e que coloca o nome a disposição do prefeito. Mas, [Sílvio] não faz imposição para ser candidato [escolhido de Firmino]”, afirmou Melo.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

Durante entrevista ao GP1 neste domingo (26), o vereador e presidente do Diretório do PSDB de Teresina, Edson Melo, afirmou que ao aceitar convite para regressar ao ninho tucano, o ex-prefeito da Capital Sílvio Mendes não fez imposições para ser escolhido como pré-candidato ao Palácio da Cidade nestas eleições.

Edson confirmou que o ex-prefeito deve se refiliar ao PSDB em março, após novo diálogo com o prefeito da Capital Firmino Filho. “Como todos já sabem, o Sílvio confirmou que se filia ao partido e que coloca o nome a disposição do prefeito. Mas, [Sílvio] não faz imposição para ser candidato [escolhido de Firmino]”, afirmou Melo.

  • Foto: Alef Leão/GP1Edson MeloEdson Melo

Na liderança

Em todas as pesquisas realizadas até esse momento, Sílvio Mendes é disparado o nome do grupo do Palácio da Cidade com mais viabilidade para concorrer ao cargo de prefeito.

Em sondagem realizada pelo Instituto GP1, Sílvio apareceu em terceiro lugar com 15,4%, atrás somente de Dr. Pessoa (MDB) que se manteve em primeiro com 33,7%, seguido do secretário de Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu (PL) que obteve 17,8% ficando na segunda posição. A pesquisa foi divulgada em dezembro do ano passado.

Apoio de lideranças

Atualmente, o nome do ex-prefeito segue com apoio de lideranças do PSDB e até de nomes de outros partidos como o do senador Elmano Férrer (Podemos) e do ex-senador João Vicente Claudino (PTB), que já manifestou o desejo de ser vice de Sílvio independentemente de partido.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ex-prefeito Sílvio Mendes anuncia retorno ao PSDB

Luciano Nunes descarta desentediamento entre Sílvio Mendes e Firmino

JVC diz que irá para base de Firmino se Sílvio Mendes for candidato

Firmino Filho nega resistência da base ao nome de Sílvio Mendes