Elesbão Veloso - PI

Familiares se despedem e pedem justiça no enterro de Rayron Holanda

O sepultamento foi realizado no cemitério Sambaiba, no município de Elesbão Veloso, cidade natal da vítima.

Débora Dayllin
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
- atualizado


Enterro do estudante da UFPI Rayron Holanda no cemitério Sambaiba

Dor, tristeza e revolta marcaram o enterro do estudante de medicina da UFPI, Rayron Holanda, no final da tarde desta segunda-feira (26), no cemitério Sambaiba, no município de Elesbão Veloso, cidade natal da vítima. Familiares, amigos e colegas de curso deram o último adeus ao jovem sob forte comoção. Rayron foi enterrado ao lado do jazigo da mãe, que morreu quando ele tinha apenas seis anos.

O cortejo saiu a pé da residência do estudante, localizada na Rua Rui Barbosa, no bairro de Fátima, em direção ao cemitério. Colegas da 85ª turma de medicina saíram na frente do carro funerário segurando balões brancos e uma faixa onde estava escrito “Justiça”.

O crime

Rayron Holanda foi morto com um tiro no peito nas primeiras horas da manhã deste domingo (25), próximo a uma parada de ônibus, na Avenida Miguel Rosa, na zona sul de Teresina. Ele havia acabado de sair do plantão do Hospital de Urgência de Teresina.

O acusado de matar o estudante, G.L.D.A.R de 15 anos, foi apreendido, ainda na manhã de ontem, logo após o crime.

Velório

O velório do jovem aconteceu durante todo o dia de hoje na cidade de Elesbão Veloso, sua cidade natal.

Superação

De origem humilde, Rayron deixou Elesbão Veloso aos 13 anos com um único objetivo: cursar Medicina na Universidade Federal do Piauí (UFPI). Logo aos seis anos de idade Rayron perdeu a mãe, vítima de complicações pós-parto de seu irmão caçula, Ryan.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Estudante de medicina é morto com tiro no peito na Avenida Miguel Rosa

Conheça a história de superação do estudante Rayron Holanda

Familiares e amigos prestam últimas homenagens a Rayron Holanda

Adolescente diz que não está arrependido de ter matado Rayron Holanda

Estudante Rayron Holanda dará nome a turma de medicina da UFPI