São João da Fronteira - PI

Filho do prefeito Gongo é preso acusado de descumprir medida protetiva

Conforme o delegado Hugo Alcântara, o acusado descumpriu a medida protetiva no dia 18 de junho.

Davi Fernandes
Teresina
- atualizado

Um homem identificado como Luiz Eduardo Cardoso Fernandes, filho do prefeito de São João da Fronteira, Erivan Fernandes, mais conhecido como "Gongo", foi preso nesta segunda-feira (24) acusado de descumprir uma medida protetiva, que foi determinada após ele supostamente tentar matar sua ex-companheira, Laisa Alves Carvalho em uma festa.

Luiz Eduardo é acusado de agredir a vítima com socos e desferir um golpe de faca na sua cabeça enquanto ela segurava a filha do casal nos braços, no dia 26 de abril, conforme explicou o delegado da Polícia Civil de Piracuruca, Hugo Alcântara. “Ele tentou matar a vítima no dia 26 de abril. Primeiro ele deu um soco no rosto dela e desferiu o golpe de faca em sua cabeça e com isso foi instaurado o inquérito, ele descumpriu as medidas preventivas e foi preso”, informou o delegado.

Ainda conforme Hugo Alcântara, o acusado descumpriu a medida protetiva no dia 18 de junho, em uma festa, onde a vítima estava presente. Luiz Eduardo deve manter a distância mínima de 500 metros da ex-companheira.

“Ocorreu no dia 18 durante uma festa que aconteceu em São João da Fronteira e ele descumpriu a medida protetiva de uma distância mínima de 500 metros da vítima”, ressaltou.

Após ser capturado, o acusado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Piracuruca, onde se encontra preso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Justiça decreta prisão preventiva de filho do prefeito Gongo

Filho do prefeito Gongo é acusado de esfaquear ex-companheira

Mais conteúdo sobre: