Política

Francisco Limma diz que PT ainda pode pleitear a CCJ da Alepi

Limma entende que o consenso no início da legislatura existiu não porque o PP indicaria um nome, mas sim porque o deputado indicado era de Wilson Brandão (PP).

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Bárbara Rodrigues
Teresina
- atualizado

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (Alepi), Francisco Limma, disse nesta quarta-feira (08), que o PT poderá pleitear a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. A vaga surgiu com a saída de Wilson Brandão (PP) para a Secretaria da Mineração.

No início da legislatura a base aliada fez um acordo em torno do nome de Brandão para presidir a comissão. Agora, Limma entende que o consenso existiu não porque o PP indicaria um nome, mas sim porque o nome indicado era o de Brandão.

  • Foto: Helio Alef/GP1Francisco LimmaFrancisco Limma

Nesta quarta-feira (8) Limma se reuniu com João Mádison (MDB) e com Hélio Isaías (PP). Na ocasião ficou acordado que o PP teria dez dias para indicar um novo nome.

“Há uma possibilidade [do PT pleitear a CCJ]. Em nome do consenso, o PT abriu mão em nome do deputado Wilson Brandão que foi praticamente um consenso. Então eu sou defensor que prevaleça um entendimento, mas para prevalecer um entendimento, precisamos saber qual será a posição [do PP]”, explicou.

Embate

Dependendo do nome indicado pelo PP, o PT vai definir se entrará na disputa pela presidência da CCJ por meio de eleição interna.

“Dependendo da sugestão que vier, vamos tratar os nomes, essa é uma construção com todos os líderes de partidos e blocos, aqui a Assembleia é uma casa de entendimento, em poucas situações vamos para os votos”, disse.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
João Mádison diz que entrou em consenso com Limma sobre a CCJ

Secretário Wilson Brandão dialoga com André Quixadá

Wilson Brandão diz que situação entre PP e Wellington está pacificada