Teresina - PI

Messias Júnior deixa o PSB de Wilson Martins e se filia ao SD

"Minha relação pessoal com Wilson segue, até porque, não faço a política do ódio. Saio do PSB deixando a porta aberta, mas, sem olhar para trás”, afirmou Messias.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O sociólogo Messias Júnior deixou os quadros do PSB-PI, depois de 24 anos no partido, para se filiar ao Solidariedade presidido pelo deputado estadual Evaldo Gomes. Messias era membro da Executiva Nacional da legenda socialista e apesar de afirmar que “não faz a política do ódio” admitiu que uma incompatibilidade de interesses com a direção estadual exercida pelo ex-governador Wilson Nunes Martins, o fez mudar de Casa.

O mais novo membro do Solidariedade ressaltou que estava se sentindo deslocado dentro do PSB, mas ponderou que sai sem olhar para trás, com pensamento voltado apenas para seu futuro político.

  • Foto: DivulgaçãoMessias Júnior ladeado pelo deputado Evaldo Gomes e Sheyvan LimaMessias Júnior ladeado pelo deputado Evaldo Gomes e Sheyvan Lima

“Conheço o Evaldo há 30 anos e ele sempre vem me convidando. Eu não tinha mais como ficar no PSB devido a uma divergência de pensamento com a direção estadual. Tenho projetos que não batem mais com os do partido. Minha relação pessoal com Wilson segue, até porque, não faço a política do ódio. Saio do PSB deixando a porta aberta, mas, sem olhar para trás”, afirmou Messias, em entrevista ao GP1, nesta sexta-feira (24).

Ele disse ainda que tem planos políticos voltados para a disputa proporcional em Teresina. “Entro como um soldado do Solidariedade, pronto para qualquer missão. Contudo, posso adiantar que tenho um sonho de ser vereador da nossa capital e vou trabalhar para viabilizar isso. No momento oportuno colocarei meu nome para apreciação do partido”, antecipou Júnior.