Brasil

Ministro Marco Aurélio diz que é preciso deixar Bolsonaro trabalhar

O ministro do STF afirmou que o presidente Jair Bolsonaro “vem atuando como se deve atuar”, e que um provável impeachment seria ruim para o país.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), em entrevista concedida à Rádio Bandeirantesnesta quinta-feira (27), afirmou que o presidente Jair Messias Bolsonaro “vem atuando como se deve atuar”, e que um provável impeachment seria ruim para o país.

De acordo com o Marco Aurélio, não se deve confundir a atuação de Bolsonaro na Câmara do Deputados com sua gestão como presidente. Para ele, é preciso ver com bons olhos a “direção” do país.

  • Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão ConteúdoMinistro Marco Aurélio Ministro Marco Aurélio

“O passado dele, o que ele disse da tribuna da Câmara, evidentemente não se confunde em si com a atuação como chefe do Executivo Nacional. A meu ver, ele vem atuando como se deve atuar. Temos que ver com bons olhos a direção do país”, declarou o ministro do STF em entrevista ao apresentador José Luiz Datena.

Questionado sobre a possibilidade de um impeachment, Marco Aurélio respondeu que isso seria ruim para o país. “Evidentemente, não é o melhor para o Brasil. Toda vez que se tira do cargo um presidente a repercussão internacional é a pior possível. É preciso deixar o presidente trabalhar”, disse o magistrado.