Teresina - PI

PF prende médico Mariano de Castro na operação “Sermão dos Peixes”

O médico é assessor especial da Rede de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão.

Brunno Suênio
Teresina
- atualizado

O médico piauiense Mariano de Castro Silva foi preso, na manhã desta quinta-feira (16), em cumprimento ao mandado de prisão temporária expedido pela Justiça Federal no Maranhão, atendendo a um requerimento do Ministério Público Federal. A informação da prisão é do blog Luis Pablo.

A ação faz parte da 5ª fase da operação “Sermão dos Peixes” deflagrada nesta quinta-feira, que apura indícios de desvios de recursos públicos federais por meio de fraudes na contratação e pagamento de pessoal, Contratos de Gestão e Termos de Parceria firmados pelo Governo do Maranhão na área de saúde.

Segundo o mandado, o endereço para cumprimento da prisão foi o condomínio Terrazo Florenza, localizado no Bairro de Fátima, zona leste de Teresina. Mas, o médico foi preso na cidade de Coroatá onde atua como diretor do Samu.

  • Foto: DivulgaçãoMariano de Castro SilvaMariano de Castro Silva

O médico é assessor especial da Rede de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão.

Ao todo foram expedidos 45 mandados judiciais pela juíza federal Paula Souza Moraes, da 1ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Maranhão. São 17 mandados de prisão temporária e 28 mandados de busca e apreensão em São Luís/MA, Imperatriz/MA, Amarante/MA e Teresina/PI, além de bloqueio judicial e sequestro de bens no total de 18 milhões de reais.

De acordo com a Polícia Federal, foram cumpridos 14 mandados de prisão e três pessoas estão foragidas.

  • Foto: DivulgaçãoMandado de prisão expedido contra o médico Mariano de CastroMandado de prisão expedido contra o médico Mariano de Castro
Mais conteúdo sobre: