Picos - PI

Picos registra 17ª morte ocasionada pelo novo coronavírus

Nova vítima é um homem de 69 anos de idade que estava internado no Hospital Regional Justino Luz.

José Maria Barros
Picos

Quase três meses após o registro do primeiro caso de coronavírus em Picos, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou nesta sexta-feira, 10 de julho, a décima sétima morte ocasionada pela doença. Foram confirmados 910 casos e 265 recuperados.

A nova vítima é um homem de 69 anos de idade que desde o dia 30 de junho estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Justino Luz. Ele faleceu na madrugada de hoje, 10 de julho, aumentando para 17 o número de pessoas que não resistiram à doença.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Picos registra 17ª morte pelo covid-19Picos registra 17ª morte pelo covid-19

Segundo o Coordenador de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Robsoncley Viana, a nova vítima passou alguns dias internado na Enfermaria Covid do Hospital Justino Luz. Como seu quadro de saúde se agravou, ele foi transferido no dia 7 de julho para um leito de UTI, mas, acabou falecendo na madrugada desta sexta-feira, 10.

Somente no mês de julho a Secretaria Municipal de Saúde já registrou a morte de cinco pessoas em Picos provocadas pelo novo coronavírus.

O primeiro registro foi no dia 2 de julho e a vítima uma mulher de 47 anos, que estava internada no Hospital Regional Justino Luz e faleceu no dia 29 de junho.

No dia 5 de julho foi um idoso de 85 anos, hipertenso e portador de Alzheimer, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Justino Luz, também morreu por coronavírus.

No dia 6 foi registrada a morte de uma idosa de 91 anos que estava internada em um hospital particular em Teresina. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ela tinha diabetes, hipertensão e estava com pneumonia.

No dia 8 de julho a vítima foi um homem de 58 anos, portador de Diabetes e Hipertensão e que residia na zona rural do município. A quinta morte foi registrada hoje.

Mais conteúdo sobre: