Ribeiro Gonçalves - PI

Prefeito Dr. Lindenberg pede cassação da candidatura de João Antunes

Ele é acusado de abuso de poder econômico e político, com a suposta intenção de compra de votos por meio da distribuição de camisas e doação de combustível.

Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

O prefeito de Ribeiro Gonçalves e candidato à reeleição, Dr. Lindenberg, ingressou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral, no dia 14 de outubro, contra o candidato a prefeito pelo PTB, João Antunes, e seu vice Eduardo Soares Ribeiro acusados de abuso de poder econômico e político, com a suposta intenção de compra de votos por meio da distribuição de camisas e doação de combustível.

Na ação, o prefeito Dr. Lindenberg alegou que estão sendo cometidas irregularidades por parte do candidato da oposição. “Dentre os principais e mais graves abusos cometidos ganham relevância a captação ilícita de sufrágio, mediante pagamento doações de camisas e combustível para eleitores do município de Ribeiro Gonçalves”, diz a ação.

  • Foto: DivulgaçãoModelo das camisas que estariam sendo distribuídasModelo das camisas que estariam sendo distribuídas

Consta que centenas de camisas com o número e os nomes dos candidatos da coligação de João Antunes estariam sendo distribuídas por pessoas ligadas ao grupo político. “As camisetas estão sendo distribuídas pelo candidato a prefeito, pelo candidato a vice-prefeito e vereadores da coligação ‘Renovação com experiência’ em troca de voto dos eleitores, o que é considerado fator que bastante desequilibra o pleito eleitoral”, diz trecho da denúncia.

“Assim, pode-se observar o que está acontecendo no município de Ribeiro Gonçalves-PI, o total desrespeito a um processo eleitoral limpo e regular, onde candidatos se utilizam de brindes em trocas de votos de eleitores”, ressalta o advogado.

Diante disso, foi pedida a cassação do registro de candidatura de João Antunes e Eduardo Soares ou, caso sejam eleitos e a matéria julgada posteriormente ao pleito, a perda do mandato. Também foi solicitada a sanção de inelegibilidade de ambos por oito anos.

Outro lado

O candidato João Antunes não foi localizado pelo GP1.

Mais conteúdo sobre: