Piauí

Psicóloga morta em acidente na BR 316 vinha da missa de 7º dia do irmão

Os filhos da psicóloga, o advogado Thiago Andrade e a bacharel em Direito, Thamyirs Andrade, também morreram na colisão.

Andressa Martins
Teresina
- atualizado

A Polícia Militar de São João do Piauí confirmou na manhã deste sábado (5) que a psicóloga Maria Santana Andrade, vítima de um grave acidente na BR 316 nessa sexta-feira (4) vinha da missa de sétimo dia do irmão em Canto do Buriti.

Maria Santana Andrade era diretora do Hospital Regional Teresinha Nunes de Barros, do município de São João do Piauí. Além de Santana, também faleceram vítimas do acidente seus dois filhos, o advogado Thiago Andrade e a bacharel em Direito, Thamyirs Andrade.

  • Foto: Arquivo PessoalThamyris Andrade, Santana Andrade e Thiago AndradeThamyris Andrade, Santana Andrade e Thiago Andrade

Entenda

Após deixar a missa de sétimo dia do irmão, identificado apenas como Júnior, a família de Maria Santana Andrade sofreu o acidente. Por volta das 16h, no município de Monsenhor Gil, o veículo da família, um Hyundai/HB20S, colidiu frontalmente com um caminhão carregado com tijolos.

O irmão da psicóloga, Júnior, foi assassinado com vários tiros na noite da última sexta-feira (27) no município de Canto do Buriti, a 416 Km de Teresina. O assassinato aconteceu enquanto a vítima estava descansando em uma rede.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Psicóloga e filhos morrem após colisão entre veículos na BR 316

Homem é assassinado com vários tiros na cidade de Canto do Buriti

Mais conteúdo sobre: