Teresina - PI

Senadores do Piauí e APPM vão discutir adiamento das eleições

“Será discutida [com prefeitos e senadores] a questão das eleições, se vai ter adiamento, se não vai. Será o mesmo tema da live que eu vou fazer agora com os vereadores de Teresina”, contou Ciro.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O presidente nacional do Progressistas e senador pelo Piauí, Ciro Nogueira, terá uma sequência de reuniões, nesta quinta-feira (21), para tratar sobre a possibilidade de adiamento das eleições. Ele informou ao GP1 que ainda hoje vai tratar sobre o tema com os vereadores de Teresina.

Logo mais, às 15h, as discussões serão feitas com os prefeitos e senadores do Estado, Marcelo Castro (MDB) e Elmano Férrer (Podemos) e com a Associação Piauiense dos Municípios (APPM).

  • Foto: Lucas Dias/GP1Senador Ciro NogueiraSenador Ciro Nogueira

“Será discutida [com prefeitos e senadores] a questão das eleições, se vai ter adiamento, se não vai. Será o mesmo tema da live que eu vou fazer agora com os vereadores de Teresina”, contou o senador.

PEC

Os três senadores do Piauí estão defendendo o adiamento das eleições por conta da pandemia do novo coronavírus. Em março deste ano, Elmano protocolou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) no Senado sugerindo que as eleições fossem transferidas para 2022, fazendo assim uma unificação dos pleitos municipal e estadual. Férrer estava no processo de coleta de 27 assinaturas para que a proposta pudesse tramitar na Casa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Elmano Férrer protocola PEC para adiar eleições municipais

Rodrigo Maia e Alcolumbre admitem adiamento de eleições municipais

Wilson Martins defende adiamento das eleições para dezembro de 2020

Ciro Nogueira volta a defender adiamento das eleições municipais

“Imprevisível ainda”, diz Ciro Nogueira sobre adiamento das eleições

Barroso defende adiamento 'mínimo' das eleições 2020 se necessário