Eleições 2020

Wilson Martins defende adiamento das eleições para dezembro de 2020

“Acho bastante factível [adiamento das eleições], contanto que seja para no máximo em dezembro de 2020", disse o ex-governador.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

O ex-governador Wilson Martins, presidente do PSB no Piauí, acredita que a saída mais sensata neste momento é adiar as eleições de outubro para dezembro por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ele também avaliou como precipitado falar em cancelamento do pleito e consequente prorrogação de mandatos.

“Acho bastante factível [adiamento das eleições], contanto que seja para no máximo em dezembro de 2020. Com isso, seriam mantidas as posses dos eleitos em janeiro de 2021”, disse o ex-governador.

Wilson Martins disse que não é prudente falar em cancelamento das eleições e lembrou que há prazo suficiente para que estas medidas sejam discutidas com cautela.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Ex-governador Wilson MartinsEx-governador Wilson Martins

“Acho que é muito cedo para afirmar isso [cancelamento]. As convenções para escolha de candidatos só serão realizadas entre 20 de julho e 5 de Agosto de 2020. A propaganda eleitoral inicia-se em 16/08/20. Portanto, muito tempo até lá. Se necessário adiar para dezembro, teríamos 2 meses a mais nos prazos acima”, disse ele.

“Pelo que ocorreu na China, Itália, Espanha, por exemplo, acredito que bem antes da data das convenções, daqui a mais de 2 meses, estaremos no Brasil, livres para trabalhar, nos reunirmos e retomarmos à normalidade, assim espero”, completou Wilson Martins.

Em Teresina

Nas eleições de Teresina, o PSB, por meio do ex-deputado estadual Robert Rios vai ocupar a vaga de vice do pré-candidato à Prefeitura da Capital, Dr. Pessoa (MDB).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wilson Martins diz que chapa do PSB conta com 43 pré-candidatos

Wilson Martins diz que prorrogação de mandato é "antidemocrático"