Coronavírus no Piauí

Tribunal de Justiça do Piauí elabora plano de retomada das atividades

O presidente do TJ-PI informou que nesta terça-feira (09) haverá uma reunião onde será definida a data do retorno, após os últimos encaminhamentos no âmbito estadual.

Germana Chaves
Teresina
Thais Guimarães
Teresina
- atualizado

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) está elaborando um plano de retomada dos trabalhos presenciais, após as atividades serem suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A informação foi confirmada pelo desembargador Sebastião Ribeiro Martins, presidente daquela Corte, em entrevista ao GP1 nesta segunda-feira (08).

O desembargador foi questionado se está mantida a data de retorno dos trabalhos para o dia 15 de junho, ou se haverá uma mudança, após o Governo do Estado assinar novo decreto, estabelecendo o retorno das atividades no Piauí para 22 de junho.

  • Foto: Alef Leão/GP1Sebastião Ribeiro MartinsSebastião Ribeiro Martins

O presidente do TJ-PI informou então que, nesta terça-feira (09), haverá uma reunião onde será definida a data do retorno, após os últimos encaminhamentos no âmbito estadual.

“Vamos decidir amanhã. Tem um Grupo de Trabalho no TJ preparando o Protocolo de Retomada dos trabalhos presenciais”, declarou o desembargador Sebastião Ribeiro Martins.

Decreto estadual

Nesta segunda (08) o governador Wellington Dias assinou o decreto nº 19.013, de 07 de junho de 2020, prorrogando a vigências dos demais decretos que determinam a suspensão das atividades não essenciais até o dia 22, em função da pandemia do novo coronavírus.

Apesar de manter as medidas restritivas, o chefe do executivo iniciou um plano de retomada gradual, e já liberou a reabertura de três setores: construção civil, serviços de saúde e concessionárias de veículos automotores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias apresenta regras para retomar três atividades econômicas

Wellington Dias prorroga decreto que suspende atividades não essenciais