GP1

Inhuma - Piauí

Mão Santa fecha contrato no valor de R$ 300 mil sem licitação

O valor a ser pago pelo prefeito Mão Santa é praticamente o dobro do que vinha sendo pago regularmente pelo ex-prefeito Florentino Neto.

R$ 300.900,00 (trezentos mil e novecentos reais) em apenas 3 meses. É o valor que o prefeito Mão Santa vai pagar a pensão Cidade Verde (R. Peres da Cunha ME) para a prestação de serviços de hospedagem para pacientes em tratamento na cidade de Teresina. A contração foi feita em 23 de fevereiro deste ano, sem licitação, tendo por base o Decreto de Emergência, rejeitado pelo Tribunal de Contas do Estado e pela 1ª Promotoria de Justiça Civil da Comarca de Parnaíba.

Na manhã do hoje (08), a reportagem entrou em contato com Pensão Cidade Verde pelo telefone 3223-7018 e foi informado que existem dois tipos de hospedagem, a simples, no valor de R$ 35,00 para quarto com ventilador e a de R$ 60,00 com quarto com ar-condicionado. Nos valores já estão incluídos o café da manhã, almoço e jantar.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Mão SantaMão Santa

O valor a ser pago pelo prefeito Mão Santa é praticamente o dobro do que vinha sendo pago regularmente pelo ex-prefeito Florentino Neto.

Outro fato que chama atenção é o valor mensal, aproximadamente R$ 100 mil, que divididos pelo valor da hospedagem mostra que serão pagas algo em torno de 2.857 diárias simples ou 1.666 diárias de quarto com ar.

  • Foto: Street ViewPensão Cidade Verde.jpgPensão Cidade Verde

Proprietário de pensão que pediu reserva a seu nome, afirmou que o valor é "exorbitante" e que é "impossível que Parnaíba tenha toda essa demanda".

O promotor Antenor Figueiras recomendou a Mão Santa e seus auxiliares que se abstenham de editar decretos ou formalizar processos de dispensa de licitação e/ou celebrar e executar contratações diretas atestando como emergenciais ou de calamidade pública situações que não se enquadrem nas definições de emergência ou calamidade, nos termos da legislação especial.

  • Foto: DivulgaçãoContrato firmado entre Mão Santa e pensão Contrato firmado entre Mão Santa e pensão

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.