GP1

Teresina - Piauí

Empresários realizam ato pedindo reabertura do comércio em Teresina

A manifestação vai acontecer no Centro de Teresina, na Praça da Bandeira, a partir das 8h30.

Empresários e funcionários de empresas que estão sem funcionar, devido aos decretos de isolamento social, vão realizar uma manifestação em Teresina na manhã da próxima quinta-feira (28), pedindo o fim da suspensão das atividades econômicas em virtude da pandemia de coronavírus (covid-19).

Valdeci Cavalcante, presidente da Federação do Comércio do Estado do Piauí (Fecomércio), é um dos idealizadores do ato, que vai ocorrer na Praça da Bandeira, no Centro, a partir das 8h30. Em entrevista ao GP1 nesta terça-feira (26), ele informou que no final de semana também será realizada uma carreata na capital.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Escritor Valdeci CavalcanteValdeci Cavalcante

“Vamos fazer a manifestação na quinta-feira (28), provavelmente no sábado ou no domingo vamos fazer uma carreata e vamos desmascarar as autoridades. Vamos bater pesado”, disparou o advogado, em tom de crítica às medidas de suspensão.

Para o vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), após 70 dias de quarentena é necessário que se adotem outros meios de lidar com a pandemia.

“A população colaborou com os prefeitos e governadores ficando 70 dias em casa, esperando o governo se preparar para o combate ao coronavírus, porque todo mundo sabe que esse coronavírus só vai embora quando tiver uma vacina, isso vai levar um ano e meio, dois anos, então nós temos que aprender a conviver com ele e precisamos ter estrutura”, avaliou.

Empresários decidem reabrir

Após reunião de diversos setores empresariais, realizada no auditório da Fecomércio na manhã desta terça (26), alguns empresários decidiram retomar as atividades, mesmo vigorando os decretos de proibição. Valdeci Cavalcante determinou a retomada das obras de construção civil do Sesc/Senac e comerciantes vão abrir seus estabelecimentos nos bairros de Teresina.

Para garantir a segurança dos empresários, a Fecomércio vai disponibilizar advogados que vão atender em casos de intervenção policial nos estabelecimentos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Covid-19: empresários decidem reabrir comércio e retomar obras no Piauí

Comitê expõe regras para retorno das atividades comerciais em Teresina

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.