GP1

Teresina - Piauí

Caso Marcos Vitor: Ministério Público pede que vítima seja ouvida por juiz

O pedido foi feito no dia 24 de setembro e tem como objetivo evitar o processo de revitimização.

O Ministério Público do Estado do Piauí ingressou, no dia 24 de setembro, com pedido para que a prima de Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira, de 12 anos, que denunciou ter sido abusada dos 5 aos 10 anos, seja ouvida em juízo. A oitiva faz parte da produção antecipada de provas requerida à família das vítimas do estudante de medicina de 22 anos, que está sendo investigado sob suspeita de ter abusado sexualmente de duas irmãs e duas primas em Teresina.

Rodrigo Araújo, advogado da família das vítimas, explicou que com o pedido do órgão ministerial, a criança não será ouvida em delegacia, mas somente perante o juiz para evitar o processo de revitimização. “Por isso o Ministério Público já pediu para ela ser ouvida em juízo logo, ela é ouvida uma única vez e o depoimento fica gravado, já servindo enquanto durar o processo, por exemplo, se o processo durar muitos anos já fica gravado e produzida a prova”, pontuou o advogado.

Foto: Reprodução/InstagramMarcos Vitor Dantas
Marcos Vitor Dantas

Ainda de acordo com o representante da família das vítimas, essa fase ainda não é a denúncia, que somente será oferecida após a conclusão do inquérito policial. “Essa não é a denúncia ainda, é a produção antecipada de provas que vai ser instrumento probatório da denúncia que ao final do inquérito vai ser feita contra ele”, finalizou.

Entenda o caso

No último dia 22 de setembro, o GP1 publicou reportagem revelando o caso envolvendo o estudante de medicina, que é acusado de abusar sexualmente de uma irmã e de uma prima.

Na segunda-feira (27), mais uma irmã e outra prima de Marcos Vitor foram ouvidas pela equipe multidisciplinar da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), e revelaram que também sofreram abusos sexuais.

Estudante não é intimado

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), está tentando intimar o estudante de medicina Marcos Vitor Aguiar Dantas Pereira. No entanto, o rapaz não foi localizado até o momento, e há suspeita de que ele tenha fugido.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.