GP1

Teresina - Piauí

Robert rebate Gessy Fonseca: "deveria se concentrar na secretaria dela"

As declarações da secretária de que gostaria de disputar o Governo não repercutiram bem na prefeitura.

As declarações da secretária Municipal de Economia Solidária de Teresina (SEMEST), Gessy Fonseca (PSC), de que gostaria de ser candidata ao Governo do Piauí em 2022 com apoio do prefeito Dr. Pessoa (MDB) e também do vice-prefeito Robert Rios (PSB), não repercutiram bem no Palácio da Cidade. Depois do prefeito afirmar que não tem candidato, foi a vez de Robert Rios aconselhar a gestora a se concentrar no trabalho à frente da SEMEST.

O impasse não parou por aí: o fato de Gessy ter afirmado que não possuía uma ligação política partidária com Dr. Pessoa, mesmo estando na administração municipal, também não foi visto com bons olhos pelos principais líderes da prefeitura. Em resposta, Robert sugeriu que a secretária de Economia Solidária peça para sair, caso se não se considere do time do prefeito.

Foto: Lucas Dias/GP1Robert Rios
Robert Rios

“Nesse momento ela deveria se concentrar na secretaria dela. Ela tem muita coisa para fazer no setor dela. Nem o Dr. Pessoa, nem o Robert Rios até agora falaram de apoiar qualquer pessoa que seja. Pelo contrário, estamos trabalhando muito porque a cidade de Teresina tem muitos desafios e não vamos perder nosso tempo tratando de candidato nesse momento”, disparou Robert.

Pede pra sair

“Todos que estão ocupando cargos na prefeitura eu suponho que pertencem ao grupo político do Dr. Pessoa. Eu sou secretário de Finanças do Dr. Pessoa e no dia que eu achar que eu não estou no grupo político dele, vou lá e entrego o cargo. Ou eu estou de corpo de alma, ou não estou. Acho que qualquer um dos gestores que acham que não estão na base do Dr. Pessoa, no grupo do Dr. Pessoa, têm que pedir para sair”, criticou o vice-prefeito.

Nunca dialogou sobre apoio

O secretário de Finanças encerrou a entrevista afirmando que nunca chegou a conversar com Gessy Fonseca sobre disputa ao Governo do Estado. “Eu nunca tratei com ela de qualquer campanha política para qualquer cargo. Tive zero assunto com ela sobre provável apoio”, encerrou Rios.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.