GP1

Teresina - Piauí

Gilberto Albuquerque diz que Saúde de Teresina pode entrar em crise

"Estamos buscando todos os entes envolvidos para que a gente não tenha uma crise”, afirmou o presidente.

O secretário estadual de Saúde (Sesapi), Florentino Neto, se reuniu na manhã desta segunda-feira (21) com o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Gilberto Albuquerque e o prefeito Dr. Pessoa. O encontro foi um pedido feito pelo prefeito, que reclamou da falta de comunicação entre os dois governos.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, ressaltou que sem recursos financeiros o sistema de Saúde de Teresina pode entrar em crise. “A despesa covid-19 é astronômica, o Governo Federal não fez nenhum aporte financeiro para a Saúde até então, e não tem como municípios manterem a estrutura da covid-19, como Teresina tem, sem aporte financeiro. Estamos buscando todos os entes envolvidos para que a gente solucione essa dificuldade para que a gente não tenha uma crise”, falou.

Foto: Lucas Dias/GP1Gilberto Albuquerque
Gilberto Albuquerque

Gilberto Albuquerque falou do valor que a Sesapi deve repassar à Prefeitura de Teresina e que o objetivo é manter o pagamento dos servidores em dia. “São R$ 7 milhões desse parcelamento, nesse período de covid-19 ninguém recebeu dinheiro do Governo Federal e as despesas estão lá em cima, então, está se procurando uma forma de equilibrar pelo menos as despesas que estão atrasadas para que a gente possa manter a folha de pagamento em dia, insumos, materiais e equipamentos”, declarou.

De acordo com Florentino Neto, eles trataram sobre o cofinancimaneto da Saúde e dos Hospitais de Pequeno Porte (HPP). “Discutimos sobre o cofinanciamento. Nós tivemos a partir de 2020 a extinção do cofinanciamento que vai ser rediscutido com a APPM, o COSEMS, outras instituições e a Prefeitura de Teresina também vai participar desse grupo de rediscussão”, afirmou o secretário.

Foto: Lucas Dias/GP1Florentino Neto
Florentino Neto

Ainda segundo Florentino, ficou definido na reunião que o Governo do Estado e a Prefeitura de Teresina irão trabalhar juntos para resolver essas dificuldades. “A prefeitura coloca uma série de dificuldades relativas ao financiamento no sistema de saúde, e nós hoje concordamos que existe um subfinanciamento da saúde. O resultado mais importante dessa reunião é essa conjunção de esforços para juntos buscarmos solucionar essas dificuldades”, explicou.

“O que nós estabelecemos foi uma conjunção de esforços para que, dando as mãos, a gente possa trabalhar no sentido de buscar, fraternalmente, um ajudar ao outro nesse processo, mas também sobretudo para nós conseguirmos levantar a voz em defesa de mais financiamento para a saúde”, completou o secretário Florentino Neto.

Já o prefeito Dr. Pessoa disse que saiu da reunião satisfeito com a posição que recebeu do secretário estadual da Saúde. "Fiquei mais do que satisfeito, Florentino é uma pessoa que eu tive o prazer de 3,4 anos atrás fazer amizade com ele, foi de uma receptividade muito boa, portanto, acredito que a coisa vai fluir e nós vamos chegar a um denominador comum, até porque nós trabalhamos em harmonia", finalizou Dr. Pessoa.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.