GP1

Teresina - Piauí

Iracema Portella diz que está otimista para ser escolhida candidata

Ela afirmou que reúne todas as condições de representar a oposição na corrida pelo comando do Karnak.

Às vésperas da definição do pré-candidato que vai definir a chapa majoritária da oposição, o time capitaneado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progressistas), vai retomar as atividades pelo interior do Estado nos próximos dias.

O grupo dispõe de dois nomes sendo avaliados para disputa pelo Governo do Piauí: do ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes (PSDB) e o da deputada federal Iracema Portella (Progressistas), que concedeu entrevista ao GP1 nessa quarta-feira (05).

A parlamentar afirmou que está bastante otimista por entender que reúne todas as condições de representar a oposição na corrida pelo comando do Palácio de Karnak.

Foto: Lucas Dias/GP1Deputada federal Iracema Portella
Deputada federal Iracema Portella

“A decisão se dará por volta do dia 5 de fevereiro. Para a decisão vão pesar as pesquisas eleitorais e também nossas lideranças políticas que compõem o Progressistas”, declarou a deputada.

“Estou extremamente otimista [para ser escolhida candidata], sempre otimista. Essa é uma caraterística minha. Demos uma parada no final do ano, mas vamos voltar essa agenda política com força total pelos nossos municípios”, completou Iracema.

Chapa

A ideia é que Silvio e Iracema façam dobradinha nas vagas de governador e vice. Aquele que for escolhido vai liderar a chapa e o outro assumirá o cargo de vice-governador. Já o espaço de senador será ocupado pelo prefeito da cidade de Floriano, Joel Rodrigues (Progressistas).

Caravana suspensa

A caravana da oposição seria retomada no próximo dia 08 no sul do Estado, mas acabou sendo suspensa por conta das fortes chuvas que atingiram municípios piauienses nos últimos dias.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.