GP1

Teresina - Piauí

Thanandra Sarapatinhas afirma que vai recorrer de condenação na Justiça

A parlamentar foi condenada a pagar indenização de R$ 25 mil para a vizinha Creusa Marques de Araújo.

A assessoria jurídica da vereadora Thanandra Sarapatinhas (Patriota) encaminhou nota ao GP1, na tarde deste sábado (7), informando que a parlamentar vai recorrer da decisão do juiz Edson Alves, da 10ª Vara Cível, quando for oficialmente intimada. Ela foi condenada a pagar indenização de R$ 25 mil por danos morais contra a vizinha Creusa Marques de Araújo, que foi acusada pela vereadora de envenenar uma cadela.

Conforme a nota enviada pela defesa da parlamentar, Sarapatinhas ficou sabendo da informação através da imprensa e ficou surpresa com a decisão. “A assessoria jurídica destaca que recebe a informação com surpresa, uma vez que este é um caso complexo em que há mais provas a serem produzidas”, diz trecho da nota.

Foto: Lucas Dias/GP1Thanandra Sarapatinhas
Thanandra Sarapatinhas

A equipe da vereadora acrescentou ainda que nenhuma audiência sobre o caso foi marcada e várias provas, comprovando a versão de Thanandra Sarapatinhas, foram apresentadas a Justiça.

Confira a nota na íntegra

A equipe jurídica da vereadora e protetora de animais, Thanandra Sarapatinhas informa que, quando for intimada oficialmente, irá recorrer da decisão do juíz da 10a Vara Cível, Edson Alves, que a condenou a pagar R$ 25 mil mais os custos processuais do caso.

A equipe jurídica informa que ficou sabendo da decisão através da imprensa, não tendo sido intimada oficialmente. A assessoria jurídica destaca que recebe a informação com surpresa, uma vez que este é um caso complexo em que há mais provas a serem produzidas.

O jurídico relembra também que nenhuma audiência acerca do caso julgado sequer foi marcada, resguardando-se a decisão ao mérito da causa. A equipe acrescenta que apresentou várias provas comprovando a versão da vereadora havendo, inclusive, uma investigação da polícia sobre os fatos apresentados.

Relembre o caso

No dia 20 de agosto de 2020, alguns cães que viviam na propriedade da vereadora, situada na Usina Santana em Teresina, foram envenenados e um deles foi a óbito, a cadela Lua. Um dia depois a vizinha Creusa foi presa, sendo liberada posteriormente.

Já no dia 18 de novembro de 2020, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, concluiu que as substâncias apreendidas na casa da mulher não correspondiam a que foi detectada no organismo do animal.

Após o andamento do caso, no dia 15 de abril de 2021, O juiz Valdemir Ferreira Santos, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, determinou o arquivamento do inquérito policial que investigava Creusa.

Já no último dia 5, o juiz Edson Alves, da 10ª Vara Cível, condenou a vereadora a pagar indenização no valor de R$ 25 mil. Nos autos, o magistrado destacou que, ao acusar a sua vizinha, por meio de redes sociais, Thanandra ultrapassou os limites da liberdade de expressão, chegando ao ponto de atingir a honra, vida privada e intimidade de Creusa Marques.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.