GP1

Teresina - Piauí

Antônio José Lira diz que ainda não foi comunicado sobre saída da Câmara

O vereador poderá deixar a Câmara após pedido do suplente Júnior Macêdo para ocupar a vaga.

O vereador Antônio José Lira (Republicanos) afirmou, nesta segunda-feira (20), que vai aguardar comunicado oficial da Câmara Municipal de Teresina sobre a sua saída ou não do cargo após pedido do suplente Júnior Macêdo (PSD) para assumir a vaga deixada por Renato Berger. Segundo ele, Teresina perderá com a sua saída.

“Primeiro, eu estou aguardando um comunicado da Câmara Municipal de Teresina, porque o comunicado que eu tive foi o da convocação”, afirmou Antônio José Lira.

Foto: Lucas Dias/GP1Antônio José Lira
Antônio José Lira

O vereador disse ainda estar preocupado com a cidade, caso deixe a Câmara, por causa do trabalho que vem sendo realizado por ele. “Durante todo esse período eu dei tudo de mim para a minha cidade, para a gestão que eu acredito, para o prefeito que é bem intencionado, Dr. Pessoa, e a minha preocupação agora é com a cidade, pela missão que o prefeito me confiou de além de ser vereador, coordenar a fiscalização de obras de médio e grande porte”, pontuou Antônio José Lira.

“Eu costumo dizer que eu trabalho com amor a Teresina, a minha vida, eu sou fruto do amor. Quem tem vingança, quem tem retaliações e quem tem ódio eu prefiro lembrar a matemática: esses três pontos são grandezas 'adimensionais' que matam quem sente e o Antônio José Lira não tem nenhum desses três sentimentos, porque tudo que eu faço, eu faço com dedicação, com trabalho e, acima de tudo, abraçando a causa e com amor”, completou o vereador.

Antônio José Lira aproveitou para agradecer ao Dr. Pessoa e desejar um bom trabalho a Júnior Macêdo. “Quero aproveitar aqui para agradecer ao prefeito de Teresina, um cidadão honrado, bem intencionado e que quer o melhor para cidade. Eu só tenho agradecimentos a ele. Durante o período que eu fiquei na Câmara Municipal eu dei tudo de mim e para a pessoa que irá me substituir eu só desejo que faça um grande trabalho, é direito dele, ele pensa assim e vida que segue”, ressaltou.

“Eu não poderia deixar de dizer que com a minha saída perde o parlamento, perde a gestão, perde Teresina e perde o prefeito porque eu era aquela pessoa que andava com ele, que queria o melhor para Teresina, mas a gente tem que seguir a vida”, concluiu.

Macêdo é o segundo suplente do partido e deverá assumir em razão da licença do vereador Renato Berger, que foi para a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, e do primeiro suplente Eduardo Draga Alana que assumiu a Secretaria Municipal da Juventude. Caso Júnior Macêdo seja empossado, Antônio José Lira, que é o quarto suplente, e havia assumido a vaga em razão das desistências de Júnior e Cida Santiago, deixará a Câmara Municipal.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.