GP1

Teresina - Piauí

Engenheiros e fiscal são indiciados pela morte da professora Wana Sara

Wana Sara morreu no dia 4 de fevereiro após cair dentro de uma galeria na zona leste de Teresina.

A Polícia Civil do Piauí, por meio do 5º Distrito Policial concluiu o inquérito que apura a morte da professora Wana Sara Cavalcante Henrique, de 39 anos, que morreu no dia 4 de fevereiro após o carro em que ela estava ser arrastado pela correnteza e cair dentro de uma galeria na Avenida Homero Castelo Branco, no bairro Jóquei, zona leste de Teresina.

No inquérito policial, o delegado Paulo Gregório, responsável pela investigação, indiciou por homicídio culposo, sem intenção de matar, dois engenheiros da construtora Gimma Engenharia, empresa responsável pela obra da galeria e um fiscal da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Leste).

Foto: Marcelo CardosoDelegado Paulo Gregório
Delegado Paulo Gregório

“A autoridade policial ouviu as testemunhas que presenciaram o fato local, ouviu os familiares da vítima, a equipe do Corpo de Bombeiro que fizeram as buscas de resgate e também outras vítimas que tiveram seus veículos arrastados no local, então todas as medidas que eram de competências da polícia judiciária foram tomadas. Devido à complexidade do fato o inquérito não foi concluído dentro dos 30 dias, mas a autoridade policial conseguiu concluir o inquérito e durante o relatório entendeu pelo indiciamento de dois engenheiros responsáveis pela obra e do fiscal da obra. Eles foram indiciados por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas a culpa se manifesta através da negligência, da imprudência e da imperícia", ressaltou o delegado.

Foto: ReproduçãoWana Sara
Wana Sara

Com a conclusão do inquérito, toda a documentação e provas coletadas serão entregues ao Ministério Público do Estado do Piauí, que decidirá se oferece ou não denúncia contra as três pessoas citadas no inquérito.

Morte do professora Wana Sara

Wana Sara Cavalcante Henrique conduzia um veículo Ford Ka Sedan de cor branca, que foi arrastado por uma enxurrada e caiu em uma na galeria durante a forte chuva que atingiu Teresina entre a noite de sexta-feira (04) e madrugada do sábado (05) de fevereiro.

O corpo de Wana foi encontrado somente na manhã do domingo (06), próximo à Floresta Fóssil, na Avenida Cajuína, com o auxílio de um cão farejador. Ela tinha 39 anos e era servidora pública da Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.