GP1

Polícia

DHPP envia equipe ao Maranhão para apurar desparecimento de pastor e corretor

O pastor Carlos Alberto e o corretor Raí Rodrigues estão desaparecidos desde o dia 11 de janeiro.

Durante entrevista ao GP1, nessa segunda-feira (17), o diretor do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Costa, o Barêtta, reforçou que a equipe do DHPP está se esforçando para elucidar o mais breve possível o desaparecimento do pastor Pastor Carlos Alberto Oliveira e Silva Júnior, de 31 anos, e do corretor de veículos Raí Rodrigues Lima. Eles sumiram na terça-feira, dia 11 de janeiro, em Teresina.

Conforme Barêtta, o delegado e os investigadores responsáveis pelo caso não pararam e trabalharam durante todo o final de semana para esclarecer à sociedade teresinense e para a família o que aconteceu com o pastor e o corretor.

Foto: Alef Leão/GP1Delegado Barêtta
Delegado Barêtta

“A equipe do desaparecimento de pessoas está realizando diligências, inclusive nessa segunda a equipe foi até o estado do Maranhão, na cidade de Caxias e a outro município vizinho para averiguar informações que chegaram até a equipe. Então, o delegado responsável pelo caso está trabalhando intensamente, no final de semana ele não parou, por isso, acredito que nos próximos dias iremos ter todos os esclarecimentos necessários”, afirmou o delegado.

Foto: Reprodução/WhatsAppCarlos Alberto e Raí
Carlos Alberto e Raí

Familiares realizam manifestação em frente ao DHPP

Familiares do pastor Carlos Alberto Oliveira e Silva Júnior, de 31 anos, e do corretor de veículos Raí Rodrigues Lima, fizeram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (17), na frente do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), pedindo celeridade na investigação sobre o desaparecimento dos dois.

Abalada, a mãe do corretor de veículos Raí Rodrigues, afirmou em entrevista do GP1, que o filho saiu do bairro Pedra Mole por volta de 22h do dia 11 de janeiro acompanhado do pastor e iria entregar um veículo a um comprador que viria de Caxias para o bairro Aeroporto, e desde então os dois não foram mais vistos.

Foto: Alef Leão/GP1Valdelina Alves Lima pede ajuda para encontrar o filho Raí Rodrigues Lima
Valdelina Alves Lima pede ajuda para encontrar o filho Raí Rodrigues Lima

“Meu filho desapareceu na terça-feira, dia 11, acompanhado de um pastor e até o momento ninguém sabe nenhuma notícia. Eu queria meu filho de volta, eles de volta. Eles saíram do bairro Pedra Mole para entregar um carro no bairro Aeroporto e até o momento nenhum dos dois deram notícias. Ele disse que a pessoa que iria comprar o carro era de Caxias e que estava esperando no aeroporto. Esses dias para mim tem sido muito ruins. Uma mãe sem saber notícias do filho por 7 dias é uma tristeza. Eu queria meu filho de volta. Eu não vivo sem meu filho”, desabafou Valdelina Alves Lima.

Família pede ajuda

Os familiares de Carlos Alberto divulgaram o número (86) 99963-9595 para quem tiver qualquer informação dos desaparecidos.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.