GP1

Política

Georgiano Neto diz que PSD quer espaço na chapa majoritária do Governo

“Naturalmente o PSD reivindicará no momento certo, no momento adequado, a participação dentro dessa chapa. O futuro a Deus pertence”, afirmou.

O deputado estadual Georgiano Neto disse, nessa sexta-feira (07) ao GP1, que o PSD vai reivindicar uma vaga na chapa majoritária do governador Wellington Dias (PT-PI) nas eleições de 2022. Segundo ele, a participação do partido seria algo natural diante da envergadura da sigla no Estado, sobretudo, após o pleito de 2020 quando o partido conseguiu eleger 40 prefeitos.

“Atualmente nós pertencemos a base do Governo Wellington Dias e nossa preferência é permanecer na base e a participação do PSD na chapa majoritária, é um caminho natural, até porque nas próximas eleições nós teremos três vagas, uma para governador, uma pra vice e outra para senador”, declarou o parlamentar.

Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Georgiano Neto (PSD)
Deputado Georgiano Neto (PSD)

Questionado se a vaga reivindicada será a de vice-governador, já que Wellington deve se candidatar ao Senado e a vaga de governador deverá ser do atual secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, Georgiano evitou declinar preferências. "Naturalmente o PSD reivindicará no momento certo, no momento adequado, a participação dentro dessa chapa. O futuro a Deus pertence”, desconversou.

“O PSD é um partido da base do governo que mais cresceu nas últimas eleições, formado por um deputado federal, um deputado estadual e que elegeu 40 prefeitos, 28 vice-prefeitos e 367 vereadores e temos a expectativa de agora, no primeiro trimestre, filiar mais 8 a 10 prefeitos. Já estamos na articulação de formação das nossas chapas tanto para deputado federal quanto para deputado estadual visando 2022. O PSD é um partido que a cada dia que passa cresce e se fortalece com trabalho, ações e resultados nos municípios que nós representamos”, enalteceu Georgiano.

Mais espaço no Governo

Com a saída do Progressistas, do senador Ciro Nogueira, da base do Governo Wellington Dias, o PSD deve ganhar mais espaço na gestão petista. Em relação a isso, Georgiano disse que essa decisão caberá somente do governador.

“Acredito que seja algo natural no processo [participação maior do partido] até porque o governador Wellington Dias vai buscar realmente saber quem são aqueles aliados que podem estar com ele em 2022, e ao mesmo tempo isso de ampliar ou não espaços dentro do governo depende de uma decisão do Wellington Dias, agora, o PSD é um aliado correto e fiel que tem buscado dar a sua contribuição ao estado e ao governo e a gente espera esse reconhecimento”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.