GP1

Política

Alexandre de Moraes pede investigação contra Roberto Jefferson

Alexandre de Moraes atendeu um pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no inquérito das fake news.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, solicitou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apure se, nas prestações de contas do Diretório Nacional do PTB nos últimos cinco mandatos, houve repasse de dinheiro ao presidente do partido, Roberto Jefferson. A solicitação foi dada no dia 23 de abril de 2021, porém só foi divulgada nesta sexta-feira (30).

Alexandre de Moraes atendeu um pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no inquérito das fake news. Conforme o ministro, o órgão afirmou que o presidente do PTB “vem empreendendo sistemática campanha de disseminação de fake news por intermédio de seus perfis em redes sociais”.

O ministro do STF também mencionou que a atuação de Roberto Jefferson ultrapassa seus limites ao âmbito eleitoral, tendo em conta a motivada suspeita apontada pela OAB sobre a utilização do fundo partidário para financiar “ataques ostensivos e reiterados às instituições democráticas e à própria democracia”.

Alexandre de Moraes também pediu que o corregedor geral da Justiça Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomão, e a Procuradoria-Geral Eleitoral tomem as providências que entenderem pertinentes sobre o caso.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.