GP1

Política

“Chegou a hora do PT”, afirma Francisco Limma sobre vaga no TCE

O PT é até o momento o partido que possui mais postulantes ao cargo de conselheiro do TCE.

O Partido dos Trabalhadores é até o momento a sigla que possui mais postulantes ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), e ao que tudo indica não pretende abrir mão da disputa. Nesta terça-feira (03), o deputado estadual Francisco Limma, presidente da sigla no Piauí, afirmou que “chegou a vez do PT postular um nome”.

Questionado sobre a eventual possibilidade de o PT abrir mão de pleitear a vaga no TCE, Francisco Limma disse que tanto o partido como a própria base governista devem buscar um consenso, mas lembrou que os últimos nomes que ingressaram como conselheiros no tribunal vieram de outros partidos, e assim, esse seria o “momento” do PT.

Foto: Lucas Dias/GP1Francisco Limma
Francisco Limma

“Consenso é consenso, alguém abre mão, tudo a gente vai tentar trabalhar. Temos um entendimento de que teve um período onde o PR, que hoje é PL, teve um nome, que foi o do saudoso Xavier Neto. Tivemos uma candidatura do PSB, que foi da hoje presidente do TCE, Lílian Martins e tivemos um período onde foi uma candidatura do MDB, que foi uma candidatura do Kleber Eulálio. Então, o PT tem o entendimento de que chegou a hora do PT também postular um nome”, declarou.

Limma elogiou os três nomes do PT que estão colocados, e ressaltou mais uma vez que deve haver um consenso nessa discussão. “Temos vários nomes, a deputada Flora, o deputado Ziza e Franzé, são nomes à altura de preencher qualquer cargo. O que estamos conversando nesse momento é para costurar esse consenso entre nós para a partir daí buscar um consenso na base", finalizou.

Postulantes ao cargo

Seis deputados já se colocaram à disposição para disputar a vaga aberta no TCE com a aposentadoria do conselheiro Luciano Nunes. São eles: Wilson Brandão (Progressistas), Zé Santana (MDB), Flora Izabel (PT), Flávio Nogueira Júnior (PDT), Ziza Carvalho (PT) e Franzé Silva (PT).

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.