GP1

Política

Arthur Lira: "o presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente"

José Mauro assumiu o comando da empresa há dois meses. Lira classificou sua gestão como "terrorista".

Após os novos aumentos nos preços da gasolina e do diesel, anunciados pela Petrobras na manhã desta sexta-feira (17), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (Progressistas), cobrou em uma postagem no twitter a renúncia imediata do atual presidente da empresa, José Mauro Ferreira Coelho. Ele ainda classificou a gestão de José Mauro como um ato de “terrorismo corporativo”.

Arthur Lira afirmou que o presidente da petroleira trabalha contra o povo brasileiro e precisa renunciar imediatamente. “O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa - o Brasil - e, pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país”, declarou Lira.

O presidente da Câmara ainda pontuou que José Mauro, que assumiu o cargo em abril deste ano, deixará um legado de destruição para a Petrobras. “Ele só representa a si mesmo e o que faz deixará um legado de destruição para a empresa, para o país e para o povo. Saia!!! Pois sua gestão é um ato de terrorismo corporativo”, finalizou.

Aumentos da gasolina e diesel

A Petrobras anunciou, na manhã desta sexta-feira (17), novas altas nos preços da gasolina e do diesel a partir de 18 de junho. O último aumento no preço da gasolina havia sido em 11 de março, há mais de três meses. Dessa vez, o preço médio do litro da gasolina praticado nas distribuidoras passará de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro, um aumento que representa 5,18%.

Para o diesel, preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro, sendo mais de 14% de aumento. A alta foi discutida e aprovada durante uma reunião extraordinária do Conselho de Administração da Petrobras, realizada nessa quinta-feira (16).

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.