GP1

Saúde

Governo da Índia proibiu envio de vacinas para o Brasil, diz Wellington Dias

Governador anunciou que a empresa Serum não vai cumprir o cronograma de envio de vacinas prontas para o mês de março contra a covid-19.

O governador Wellington Dias anunciou, no início da tarde desta sexta-feira (05), que a empresa Serum, da Índia, que tem parceria com a Fiocruz e a AstraZeneca, não vai cumprir o cronograma de envio de vacinas prontas para o mês de março contra a covid-19.

“Estive em contato com a empresa e a justificativa é que o Governo da Índia, em vista da crise sanitária vivida no país, proibiu a exportação de qualquer vacina”, afirmou o governador.

Recebi, com preocupação, a notícia de que a Serum, empresa da Índia que tem parceria com a Fiocruz e a Astrazeneca, não...

Posted by Wellington Dias on Friday, March 5, 2021

Para evitar que haja atraso no cronograma de vacinação no Brasil, Wellington Dias, sugeriu à presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, que a linha produção do Instituto seja ampliada. “A ideia é que a Fiocruz entregue, ainda este mês, as vacinas produzidas a partir do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) recebidos nesta semana”, declarou.

“O Brasil não pode fugir da realidade. Nesse instante o que precisamos é de mais vacinas! E quem pode nos atender é o Butantan e a Fiocruz, por isso todo o nosso apoio e o pedido para que o Ministério da Saúde ofereça a assistência necessária”, pediu o chefe do executivo estadual.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.